Novo ataque

Rússia ataca cidade ucraniana um dia após avanço em negociações sobre grãos

“Há feridos e mortos, entre eles uma criança pequena”, escreveu o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, no aplicativo de mensagens Telegram

Por  Reuters -

KIEV (Reuters) – Mísseis russos atingiram a cidade ucraniana de Vinnytsia bem atrás das linhas de frente nesta quinta-feira em um ataque que autoridades ucranianas disseram ter deixado pelo menos 12 mortos, incluindo uma criança pequena, e dezenas de feridos.

O ataque ocorreu um dia após um avanço nas negociações entre Moscou e Kiev para desbloquear as exportações de grãos ucranianos e destacou o quanto os dois países permanecem longe de qualquer tipo de acordo de paz, apesar do progresso nessas negociações.

“Há feridos e mortos, entre eles uma criança pequena”, escreveu o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, no aplicativo de mensagens Telegram. “O que é isso senão um ato aberto de terrorismo?”

O Ministério da Defesa russo, que nega atacar civis, não comentou imediatamente sobre o ataque. A Rússia, que lançou o que chamou de “operação militar especial” contra a Ucrânia em 24 de fevereiro, diz que seu objetivo é degradar a infraestrutura militar da Ucrânia para proteger sua própria segurança.

Vinnytsia fica a cerca de 200 km a sudoeste da capital ucraniana, Kiev, e está longe das principais linhas de frente no leste e sul da Ucrânia em um conflito que o Ocidente e a Ucrânia chamam de guerra de agressão não provocada.

O ataque russo atingiu o estacionamento do prédio de escritórios “Yuvelirniy” de nove andares por volta das 10h50 (4h50 no horário de Brasília), informou o Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia.

O órgão postou fotos mostrando fumaça cinza subindo dos restos retorcidos de carros queimados e escombros fumegantes nas proximidades.

Imagens de vídeo puvlicadas no Telegram por Oleksiy Goncharenko, um político ucraniano, mostraram uma espessa fumaça preta saindo de um prédio alto.

LUTA NA FRENTE LESTE

Na linha de frente da guerra, centenas de quilômetros para leste, a Ucrânia disse que repeliu tentativas de ataques terrestres russos depois que Moscou concentrou seu fogo em duas cidades que vê como trampolins para assumir o controle de cidades maiores.

Depois que suas primeiras tentativas de guerra-relâmpago falharam, a Rússia passou a buscar uma campanha projetada para desgastar as forças ucranianas e minimizar as baixas do seu lado enquanto bombardeia cidades que deseja capturar.

A Ucrânia, com a ajuda dos sistemas de foguetes móveis Himars recentemente obtidos junto aos Estados Unidos, começou a atacar alvos no interior do território controlado pela Rússia e diz que está destruindo depósitos de munição e degradando a capacidade da Rússia.

Daniil Bezsonov, uma autoridade apoiada pela Rússia na autoproclamada República Popular de Donetsk, disse nesta quinta-feira que as Forças Armadas e a Rússia estão concentrando seu fogo no leste da Ucrânia nas cidades de Siversk e Soledar.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe