Dona do Burger King, ZAMP (ZAMP3) tem baixa de 8,2% do prejuízo no terceiro trimestre

Rede de fast food divulgou seu balanço nesta quinta-feira (10)

Felipe Moreira

BERLIN, GERMANY - JANUARY 03: Beyond Burger plant-based patties fry in a frying pan on January 03, 2020 in Berlin, Germany. Beyond Burger is among a number of new plant-based substitutes for meat that have becoming increasingly popular not only among vegetarians and vegans. (Photo by Sean Gallup/Getty Images)

Publicidade

A ZAMP (ZAMP3), dona do Burger King, reportou lucro líquido de R$ 34,8 milhões no terceiro trimestre de 2022 (3T22), montante 8,2% inferior ao reportado no mesmo intervalo de 2021.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 130,5 milhões no 3T22, um crescimento de 52,8% em relação ao 3T21.

A margem Ebitda ajustada atingiu 14,4% entre julho e setembro, alta de 2,4 p.p. frente à registrada no 3T21.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Leia também:

Receitas do Burger King (ZAMP3)

A receita líquida somou R$ 908,6 milhões no terceiro trimestre deste ano, crescimento de 28% na comparação com igual etapa de 2021.

Nesse trimestre, as vendas mesmas lojas subiram 21,5% para Burger King-BK e 32,7% para Popeyes-PLK.

Continua depois da publicidade

“Essa recuperação também reforça um movimento de consolidação não apenas de BK, mas também de PLK no mercado de QSR (Quick Service Restaurant) brasileiro em seus respectivos segmentos – assim como apontam dados da indústria”, informou.

A geração de caixa operacional foi de R$ 111,9 milhões no terceiro trimestre de 2022, incremento de R$ 27,2 milhões.

As despesas gerais e administrativas, excluindo depreciação e amortização, atingiram 8,7% da receita líquida no trimestre, um aumento de 150bps quando comparado ao 3T21.

Em 30 de setembro de 2022, a dívida líquida da companhia era de R$ 529,3 milhões, um crescimento de 52,6% na comparação com a mesma etapa de 2021.