Balanço da petroleira

PetroRio (PRIO3) vê lucro mais que dobrar no 2º trimestre de 2022, para US$ 139,9 milhões

Receita total da petroleira somou US$ 377,3 milhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 95% na comparação com igual etapa de 2021

Por  Equipe InfoMoney -

A PetroRio (PRIO3) reportou um lucro líquido de US$ 139,9 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), montante 112% maior que o reportado em igual período de 2021, informou a petroleira nesta noite de quarta-feira (3).

Segundo a empresa, o lucro foi impactado fortemente pelo aumento do imposto de renda, uma vez que este é impactado pelo aumento da receita.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) foi de US$ 249,2 milhões no 2T22, salto de 127% frente ao 2T21. Em termos ajustados, o Ebitda foi de US$ 269,287 milhões, avanço de 122%.

A receita total somou US$ 377,3 milhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 95% na comparação com igual etapa de 2021.

A margem Ebitda atingiu 66% entre abril e junho, alta de 9 pontos percentuais (p.p.) frente a margem registrada em 2T21.

A Petrorio explica que o desempenho foi impulsionado pelo expressivo crescimento do resultado operacional no período.

A projeção média de analistas consultados pela Refinitiv, em reais, era de um lucro de R$ 592 milhões para a PetroRio, Ebitda de R$ 1,219 bilhão e uma receita de R$ 1,714 bilhão no trimestre.

Leia também:

O resultado financeiro líquido foi negativo em US$ 35,7 milhões no segundo trimestre de 2022, revertendo ganhos financeiros de US$ 19 milhões na mesma etapa de 2021.

O custo de extração (lifting cost) foi de US$ 11,1/bbl no 2T22, o menor já registrado pela PetroRio, representa uma queda de cerca de 22% quando comparado ao mesmo trimestre do ano anterior.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 13,5 milhões no 2T22, um crescimento de 53% em relação ao mesmo período de 2021.

Em 30 de junho de 2022, o caixa líquido da companhia era de US$ 190 milhões, uma redução de US$ 158 milhões na comparação com a mesma etapa de 2021.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em -0,2 vez em junho de 2022, queda de 0,5 vez em relação ao mesmo período de 2021.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe