BTG (BPAC11) lucra 72% a mais no 1º trimestre, a R$ 2,062 bi

A receita total no trimestre atingiu R$ 4,35 bilhões, alta de 56% ano a ano.

Equipe InfoMoney

Publicidade

O BTG Pactual (BPAC11) reportou nesta segunda-feira uma alta de 72% no lucro líquido ajustado no primeiro trimestre de 2022 (1T22) em relação a igual período de 2021, a R$ 2,062 bilhões.

A receita total no trimestre atingiu R$ 4,35 bilhões, alta de 56% ano a ano.

Já a receita de tesouraria somou R$ 1,48 bilhão no primeiro trimestre de 2022, avanço de 83% frente ao mesmo trimestre de 2021. A receita de investment banking caiu 27% no 1T22, atingindo R$ 351 milhões.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O retorno sobre patrimônio médio anualizado (ROAE, na sigla em inglês), um indicador de rentabilidade, atingiu 21,5%, alta de 2,1 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior.

A carteira de crédito totalizou R$ 124,5 bilhões no 1T22, uma elevação de 33,7% na comparação ano a ano.

Leia também:

Continua depois da publicidade

Os ativos sob custódia do BTG somaram R$ 1,04 trilhão nos três primeiros meses do ano, um aumento de 36% em relação ao mesmo período de 2021.

No fim do período, o patrimônio líquido totalizou R$ 39,3 bilhões, uma alta de 5,1% em relação ao trimestre anterior, e de 29,2% em relação ao 1T21.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.