Apenas o começo

Reino Unido impõe sanções contra 5 bancos e oligarcas russos

Segundo premiê Boris Johnson, essa é apenas a primeira rodada de punições

Por  ANSA Brasil -

(ANSA) – O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, anunciou nesta terça-feira (22), durante um pronunciamento no Parlamento, a “primeira etapa” de sanções contra a Rússia por conta do reconhecimento das áreas separatistas ucranianas de Donetsk e Lugansk como “repúblicas independentes”.

Foram punidos o Rossiya, IS Bank, General Bank, Promsvyazbank e o Black Sea Bank e três oligarcas – Gennady Timchenko, Boris Rotenberg e Igor Rotenberg – citados como aliados próximos do presidente Vladimir Putin.

Segundo Johnson, caso a situação se agrave, tanto os britânicos como a União Europeia e os Estados Unidos vão anunciar mais punições.

O premiê ainda afirmou aos parlamentares que essa é a hora “de se preparar” para as próximas etapas do plano de invasão à Ucrânia de Putin.

Leia também:

“A Câmara [dos Comuns] não deve ter dúvidas de que o desdobramento dessas forças no território soberano ucraniano representa uma nova invasão daquele país e, por isso, queremos impedir que empresas russas consigam levantar fundos em libras esterlinas ou em dólares. Queremos tirar o véu que esconde a posse das propriedades da Rússia”, disse ainda Johnson.

O primeiro-ministro também informou que o governo está analisando novos pedidos de apoio militar feitos por Kiev até porque concorda com os ucranianos que a crise “será longa”.

O anúncio britânico veio após os EUA anunciarem uma rodada de sanções contra russos ligados aos separatistas do Donbass e ao governo russo.

Nessa tarde, também a UE deve ratificar a primeira rodada de sanções econômicas e políticas. (ANSA).

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe