Recuperação

Recuperando-se de 2008, AIG voltará a pagar dividendos depois da crise

Pela primeira vez em 5 anos, a empresa de serviços financeiros anunciou pagamento de U$ 0,10 em dividendos por ação e programa de recompra de papéis

SÃO PAULO – Uma das principais vítimas da crise financeira que se instaurou nos Estados Unidos há 5 anos, o AIG (American International Group), empresa líder mundial em seguros e serviços financeiros, anunciou que vai pagar dividendos aos acionistas pela primeira vez após quase quebrar em 2008. O benefício será de US$ 0,10 por ação.

A empresa norte-americana registrou lucro líquido de US$ 2,73 bilhões no segundo trimestre, uma alta de 17% em comparação com o mesmo período em 2012. É um desfecho surpreendente para uma seguradora que chegou a ter prejuízo de US$ 61,7 bilhões durante a crise econômica antes de ser resgatada por estímulos do governo dos EUA – que gastou mais de US$ 182 bilhões.

Além da remuneração aos acionistas, o AIG também informou que usará US$ 1 bilhão para a recompra de ativos – um sinal robusto de recuperação da companhia.

PUBLICIDADE