Radar: comece o pregão sabendo as novidades no cenário corporativo

PDG cumpre piso do guidance de lançamentos em 2011 e Petrobras anuncia descoberta na Bacia do Espírito Santo

SÃO PAULO – O ano de 2012 começou com grande otimismo para as produtoras de commodities no mercado internacional, seja por motivos positivos ou negativos. A demanda da China, por exemplo, é esperada em forte nível por minérios, por causa dos dados de atividade que mostraram avanço da indústria em dezembro. Já o preço do petróleo sobe com a tensão no Oriente Médio, por conta de testes balísticos do Irã.

Na Europa, com o primeiro pregão do ano em Londres nesta terça-feira (3), estes eventos já influenciavam positivamente o desempenho de empresas ligadas às matérias-primas. No entanto, as bolsas de Paris e Madri apresentavam leve recuo pela manhã.

Entre os índices asiáticos, Tóquio e Xangai ainda não estrearam após as festas do fim de 2011, mas Hong Kong começou com uma forte alta, influenciada exatamente pelas commodities, e também pelas financeiras, após investidores apostarem mais em ativos de maior risco.

PUBLICIDADE

PDG cumpre guidance
Entre as notícias que podem influenciar a sessão brasileira, está o cumprimento das projeções da PDG Realty (PDGR3) para 2011. A incorporadora terminou o ano com R$ 9 bilhões em lançamentos, levemente acima do piso do guidance, que previa um patamar entre os R$ 9 bilhões e R$ 10 bilhões.

Em relação a 2010, o crescimento chegou a 28,6%. Dentre o volume de novas unidades, 39% foram destinados à média renda, enquanto os econômicos corresponderam a 31%. Por fim, a média-alta renda recebeu 13% dos lançamentos.

Nova descoberta da Petrobras
Na véspera, a Petrobras (PETR3, PETR4) anunciou nova acumulação de petróleo leve e gás encontrada em Golfinho, na Bacia do Espírito Santo. O poço no qual a descoberta foi feita é o de Tambuatá, localizado a 74 quilômetros da costa brasileira, e possui 1.520 metros de profundidade.

Ainda de acordo com a estatal, análises iniciais mostram que o óleo é de boa qualidade, condensado, mas a perfuração deve continuar ao menos até os 6.100 metros. O objetivo é chegar a formações mais profundas para poder fazer novos testes com os hidrocarbonetos da região.

Expansão do Banco do Brasil
O Banco do Brasil (BBAS3) anunciou uma expansão para aproximadamente 200 novas cidades. O aumento em sua atuação veio depois que a instituição integrou as agências do Banco Postal às já existentes em seu portfólio. Mas, a fim de conseguir presença em todo o território, 192 novos municípios terão que receber unidades do BB.

Segundo o banco, os investimentos com essa união chegaram a R$ 12 milhões, que levam em conta a utilização do mesmo sistema, o deslocamento de novos funcionários, entre outros serviços. A licitação pela rede, que pertencia ao Bradesco (BBDC4), foi vencida em maio de 2011, e demandou um pagamento de R$ 2,3 bilhões por parte da estatal.

PUBLICIDADE

Celesc amplia usina de Pery
Por fim, cabe ressaltar que a Celesc (CLSC6) conseguiu, junto à Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), aprovação para aumentar a capacidade da usina hidrelétrica de Pery, que hoje tem 4,4 megawatts de potência instalada. Após as obras, a geração deve chegar aos 30 MW.