Radar InfoMoney

Produção da PetroRecôncavo (RECV3) e AGO da Petrobras (PETR4); prévias de Even (EVEN3), Lavvi (LAVV3), Cury (CURY3) e mais

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quarta-feira (13)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta quarta-feira (13) tem como destaque o aumento da produção diária da PetroRecôncavo (RECV3) no primeiro trimestre de 2022.

As construtoras Cury (CURY3), Lavvi (LAVV3), Melnick (MELK3), Even (EVEN3) e Plano & Plano (PLPL3) divulgaram dados preliminares do primeiro trimestre.

Já a Iguatemi (IGTI11) reportou vendas totais de R$ 3,3 bilhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), um crescimento de 14,8% em relação ao mesmo período de 2019.

A Totvs (TOTS3) e Itaú (ITUB4) criaram joint venture de plataforma digital de serviços financeiros para PMEs.

Confira os destaques:

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras (PETR3;PETR4) realiza a assembleia geral ordinária (AGO), nesta quarta-feira, às 15h, que deve eleger o novo conselho da estatal. Os acionistas devem avaliar os nomes indicados pelo Ministério de Minas e Energia: José Mauro Ferreira Coelho, para a presidência da companhia, e Marcio Andrade Weber, para a presidência do conselho.

Para amanhã, está prevista a realização de reunião do novo Conselho de Administração para apreciar a indicação de José Mauro Ferreira Coelho ao cargo  de  Presidente da companhia.

PetroRecôncavo (RECV3)

A PetroRecôncavo (RECV3) registrou uma produção média diária de 19.455 barris de óleo equivalente (boe) no primeiro trimestre de 2022, resultado 42,6% superior ao reportado em igual etapa de 2021.

A produção diária atingiu 19.792 boe no mês de março deste ano, um incremento de 0,3% sobre a produção de fevereiro do mesmo ano.

Totvs (TOTS3) e Itaú (ITUB4

A Totvs (TOTS3) celebrou contrato para a criação de uma Joint Venture com o Itaú Unibanco ([ativo=ITUB4), denominada Totvs Techfin, plataforma digital de serviços financeiros para pequenas e médias empresas.

A plataforma integra uma gama completa de serviços financeiros com  os sistemas de gestão Totvs, facilitando contratação, distribuição e definição de condições com o uso inteligente de dados transacionais.

Totvs e Itaú deterão, cada um, 50% de participação na Joint Venture.

Iguatemi ([ativo=IGTI11]) 

A Iguatemi (IGTI11) reportou vendas totais de R$ 3,3 bilhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), um crescimento de 14,8% em relação ao mesmo período de 2019.

Cabe ressaltar, que apesar das vendas estarem há vários meses acima de 2019, a taxa de ocupação e o fluxo de veículos continuam em média abaixo de 2019.

No 1T22, as vendas mesmas lojas (SSS, na sigla em inglês) cresceram 14,6% em relação ao mesmo trimestre de 2019. 

Lavvi (LAVV3

A Lavvi (LAVV3) reportou vendas líquidas contratadas de R$ 162 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), crescimento de 5% quando comparado ao 4T21 e de 89% em relação ao 1T21.

No 1T22, a VSO consolidada (vendas sobre oferta, em VGV) foi de 20%, redução de 1,4 p.p. em relação à VSO do trimestre anterior.

Os distratos representaram 3% das vendas brutas, correspondentes a um VGV de R$ 4 milhões e a 9 unidades, sendo que 3 destas foram revendidas dentro do próprio trimestre.

Cury (CURY3)

A Cury (CURY3) informou que o valor geral de vendas (VGV) líquido atingiu R$ 753,4 milhões, alcançando novo recorde histórico. O valor representa uma alta de 23,2% em relação ao trimestre passado e 27,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No 1T22, a VSO trimestral líquida foi de 41,4% ante 43,5% no 1T21 e 37,9% no 4T21.

No 1T22, foram lançados 5 empreendimentos, sendo 3 localizados em SP e 2 localizados no RJ, totalizando o VGV de R$ 781,2 milhões, aumento de 32,3% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Plano & Plano (PLPL3)

A Plano & Plano (PLPL3) registrou vendas líquidas (100% Plano&Plano) de R$ 371,5 milhões no primeiro trimestre de 2022, valor 10,8% superior ao registrado no 1T21 e 22,0% maior que no 4T21. O resultado estabelece um novo recorde de vendas trimestrais para a Plano & Plano.

A construtora lançou, no primeiro trimestre, 3 novos empreendimentos, totalizando um volume geral de vendas (VGV) de R$ 267,6 milhões, representando crescimento de 161,0% em relação aos R$ 102,5 milhões lançados no primeiro trimestre de 2021.

Melnick (MELK3)

A Melnick (MELK3) registrou vendas líquidas de R$ 87 milhões entre janeiro e março de 2022, um recuo de 20,2% em relação ao mesmo trimestre de 2021.

A construtora lançou três empreendimentos no montante de R$ 578,5 milhões de valor geral de vendas (VGV) bruto no primeiro trimestre de 2022. A velocidade de vendas (VSO) de lançamento foi de 27% no trimestre.

Even (EVEN3)

A Even (EVEN3) registrou vendas líquidas de R$ 252 milhões no primeiro trimestre de 2022, uma redução de 56,9% na comparação com igual etapa de 2021.

A velocidade vendas (VSO) consolidada do trimestre foi de 8%, sendo 28% a VSO de lançamentos.

No 1º trimestre de 2022, a companhia lançou cinco empreendimentos, totalizando R$ 778 milhões (R$ 405 milhões % Even).

Neoenergia (NEOE3)

A Neoenergia (NEOE3) informou que o volume de energia distribuída recuou 1,30% no primeiro trimestre de 2022 na comparação anual.

Itaúsa (ITSA4)

A Itaúsa (ITSA4) informou que foi aprovada a incorporação da NISA pela Nova Transportadora do Sudeste (NTS), que realiza atividade de transporte de gás natural.

Com a efetivação da Incorporação, a NISA foi extinta e as participações antes detidas indiretamente por Itaúsa e Nova Infraestrutura Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia (FIP) na NTS, por meio da NISA, passam a ser detidas por essas companhias diretamente na NTS. O que totaliza, respectivamente, 8,5% e 91,5% de participação no capital total da transportadora, não havendo alterações nos direitos da Itaúsa estabelecidos no Acordo de Acionistas da NTS.

Energisa (ENGI11)

O Conselho de Administração da Energisa (ENGI11) aprovou a emissão de R$ 750 milhões em debêntures, em até três séries.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe