PRIO (PRIO3) divulga produção, Porto (PSSA3) aprova recompra de ações e Bradesco (BBDC4) publicará resultados

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta quinta-feira (9)

Felipe Moreira

Petrorio Divulgação

Publicidade

O radar corporativo desta quinta-feira (9) traz a produção da PRIO (PRIO3), antiga PetroRio, que atingiu 50.875 barris de óleo equivalente por dia no mês de janeiro.

Já a Porto (PSSA3) aprovou a renovação do programa de recompra de ações da companhia.

André Corrêa Natal sairá da Vibra Energia (VBBR3), onde ocupava o cargo de vice-presidente executivo de Finanças (CFO), Compras e RI, para assumir o mesmo posto na Alpargatas (ALPA4).

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Ibovespa hoje: o movimento da Bolsa Ao Vivo nesta quinta-feira

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu mais 4 processos sobre Americanas (AMER3) e inclui KPMG.

O BB Seguridade (BBSE3) lucrou R$ 1,806 bilhão no quarto trimestre de 2022 (4T22), um crescimento de 47,3% na comparação com mesmo período de 2021.

Continua depois da publicidade

A Log CP (LOGG3), por sua vez, lucrou 28% a menos no 4º trimestre e anunciou R$ 91,7 milhões em dividendos.

O Bradesco publicará seus resultados trimestrais nesta quinta, após o fechamento da Bolsa e depois de fortes números divulgados pelo Itaú (ITUB4) na terça-feira. O consenso do mercado aponta para lucro líquido do Bradesco de R$ 4,404 bilhões, queda de 33,4% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Leia Mais:

TIM (TIMS3), Alpargatas (ALPA4), Porto (Ex-Porto Seguro) (PSSA3), BR Properties (BRPR3), BR Partners (BRBI11), Aeris (AERI3) e Multiplan (MULT3) também divulgarão resultados.

Confira mais destaques:

PRIO (PRIO3)

A produção diária da PRIO, antiga PetroRio, atingiu 50.875 barris de óleo equivalente no mês de janeiro.

O volume de vendas, por sua vez, atingiu 547.214 barris de óleo equivalente.

Porto Seguro (PSSA3)

A Porto (PSSA3) aprovou a renovação do programa de recompra de ações da companhia. A aquisição respeitará o limite de até 18.855.322 ações ordinárias, que representam 10% do total de ações em circulação no mercado.

O prazo máximo para liquidação das operações com ações emitidas pela companhia no âmbito deste Plano de Recompra é de um ano, com início em 8 de fevereiro de 2023 e término em 7 de fevereiro de 2024.

Vibra (VBBR3) e Alpargatas (ALPA4)

André Corrêa Natal sairá da Vibra Energia (VBBR3), onde ocupava o cargo de vice-presidente executivo de Finanças (CFO), Compras e RI, para assumir o mesmo posto na Alpargatas (ALPA4).

Natal permanecerá em seu posto na Vibra até o dia 31 de março, permanecendo durante o processo de transição.

BB Seguridade (BBSE3)

O BB Seguridade (BBSE3) registrou lucro líquido de R$ 1,806 bilhão no quarto trimestre de 2022 (4T22), um crescimento de 47,3% na comparação com mesmo período de 2021, informou a seguradora nesta manhã de quinta-feira (9).

A empresa diz que o resultado foi “impulsionado pelo crescimento dos prêmios ganhos retidos, melhora da sinistralidade, especialmente em seguros de vida e agrícola, e aumento do resultado financeiro”.

O resultado das participações somou R$ 1,807 bilhão entre outubro e dezembro do ano passado, um avanço de 47,7% sobre a mesma etapa de 2021.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras (PETR3;PETR4) registrou uma produção total, em média de óleo, LGN e gás natural no quarto trimestre de 2022 (4T22), de 2,65 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boed), em linha com o terceiro trimestre do ano passado (3T22) e 2% abaixo da produção do 4T21.

Segundo a estatal, o desempenho se deve em função, principalmente, do ramp-up (crescimento da produção) do FPSO (plataforma) Guanabara, e de novos poços na Bacia de Campos. Os efeitos foram parcialmente compensados pelo maior volume de reduções de produção com manutenções e intervenções, além de desinvestimentos e pela cessão de 5% da participação no contrato de partilha de produção dos volumes do excedente da cessão onerosa do Campo de Búzios para a CNOOC.

A produção nos campos do pré-sal operada pela Petrobras alcançou 3,70 milhões bpd (barris por dia) no 4T22, volume 1,5% acima do 3T22, devido também ao ramp-up do FPSO Guanabara e início de produção da P-71.

Copel (CPLE6)

A Petrobras (PETR4) informou o início da fase não vinculante quanto à venda de sua participação de 18,8% no capital social da UEG Araucária (UEGA), em conjunto com seus sócios, Copel (CPLE6) e Copel Geração e Transmissão, que detêm, respectivamente, 20,3% e 60,9% do capital social, totalizando a alienação de 100% das ações da UEGA.

Modal (MODL11)

O banco Modal (MODL3) reportou lucro líquido ajustado de R$ 10,552 milhões no quarto trimestre de 2022 (4T22), queda de 77% frente aos R$ 45,963 milhões de igual etapa em 2021.

Já a receita líquida recuou 15,1% no quarto trimestre de 2022 ao alcançar R$ 217,6 milhões contra os R$ 256,2 milhões do quarto trimestre de 2021.

Log CP (LOGG3)

A Log Comercial Properties (LOGG3), empresa especializada na construção e desenvolvimento de galpões logísticos, registrou lucro líquido ajustado de R$ 63,8 milhões no quarto trimestre de 2022 (4T22), uma redução de 28% em relação ao resultado do mesmo período de 2021.

O lucro antes juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) totalizou R$ 95 milhões no 4T22, um recuo de 3,3% em relação ao 4T21.

Daycoval

O Banco Daycoval registrou lucro líquido de R$ 378 milhões no quarto trimestre de 2022, alta de 9,2% sobre a mesma etapa de 2021.

O  resultado recorrente somou R$ 394,2 milhões, expansão de 21%. A crise da Americanas (AMER3) também afetou o banco, que é credor da varejista e fez uma provisão de 50% dos cerca de R$ 500 milhões que tem com o grupo.

Americanas (AMER3)

A Comissão de Valores Mobiliários decidiu abrir mais quatro processos administrativos para investigar o colapso de Americanas (AMER3) após a revelação de problemas contábeis de 20 bilhões de reais no mês passado que levaram a empresa a pedir proteção judicial contra credores.

Um dos novos processos envolve a KPMG e tem como objetivo “apurar eventuais irregularidades” em relação à auditoria realizada pela companhia sobre os resultados da Americanas nos anos de 2017 e 2018, afirmou a CVM.

A autarquia também abriu um novo processo administrativo para apurar o trabalho da PwC sobre os resultados da varejista entre os anos de 2019 e 2022.

Mudança acionária relevante

A Americanas, em recuperação Judicial, informou que a AQR Capital Management atingiu posição equivalente a 4,12% do total de ações ordinárias da companhia, por meio de 683.300 ações ordinárias e 36.496.620 instrumentos de swap a liquidar em dinheiro sobre ações ordinárias, o que corresponde a menos de 5,00% do total de ações ordinárias da companhia.