Em mercados / politica

Deputado apresenta proposta para evitar traições conjugais de parlamentares

A proposta de Sóstenes Cavalcante prevê que cônjuges fiquem em Brasília    

Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ)
(Divulgação )

SÃO PAULO - O deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) é candidato a coordenador da Frente Parlamentar Evangélica na Câmara. Na sua campanha, entre as 16 propostas apresentadas, uma delas visa "promover reuniões com cônjuges de parlamentares".  

Segundo o deputado, a proposta é uma “prevenção” e tem como objetivo "evitar que os deputados ou deputadas, longe dos seus respectivos cônjuges, que ficam nos estados de origem do parlamentar, se envolvam em relações extraconjugais”, de acordo com o que ele afirmou à Veja. Para pagar as viagens dos cônjuges, Cavalcante prevê a criação de uma espécie de fundo - e não forneceu mais detalhes. 

Entre as outras propostas do deputado estão "organizar um curso online para políticos e agentes públicos evangélicos", "desenvolver um método evangelístico específica aos parlamentares e assessores", "ter um planejamento antecipado e mensal dos cultos" e "defender a transferência da embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém".

Além disso, o deputado é autor do projeto de lei (n°11184/2018) que pretende  “prevenir o uso de drogas ilícitas” e para isso vai submeter professores e alunos de universidades públicas a exames toxicológicos. 

Invista seu dinheiro com segurança. Abra uma conta na XP - é de graça. 

 

Contato