Em mercados / politica

Moro participa de homenagem da "Time" em NY e declara: "Lava Jato não é seriado de TV"

Ao chegar à cerimônia de homenagem, o juiz afirmou a jornalistas da Globo que ter seu nome na seleção “honra muito a instituição, o trabalho institucional”

Sérgio Moro e Rosangela Moro
(Reprodução/TV Globo)

Eleito uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista americana “Time", o juiz federal Sergio Moro participou na noite desta terça-feira (26) de jantar de gala em Nova York realizado pela publicação.

Ao chegar à cerimônia de homenagem, o juiz afirmou a jornalistas da Globo que ter seu nome na seleção “honra muito a instituição, o trabalho institucional” e que ‘'é reconhecimento também que o Brasil toma passos importantes na prevenção e no combate à corrupção. Nessa perspectiva acho muito positivo’'.

Ao ser questionado sobre se as investigações estavam paralisadas nas últimas semanas, ele falou que "a Operação Lava Jato não é seriado de TV, que tem que ter capítulo toda semana".

Na semana passada, a revista americana colocou Moro como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Ele está na categoria de líderes, ao lado de nomes como Barack Obama, Hillary Clinton, Donald Trump, François Hollande, Angela Merkel, Vladimir Putin, Kim Jong Un e Xi Jinping. Moro é o único brasileiro na tradicional lista. 

O juiz é chamado pela publicação de "SuperMoro" e sua popularidade é comparada a de um astro do futebol. "Mas Sergio Moro é apenas um juiz, embora um que trabalhe num escândalo de corrupção tão grande que poderia derrubar uma presidente - e talvez mudar uma cultura de corrupção que há muito tem prejudicado o progresso de seu país." 

A Time também destaca as controvérsias que envolvem o magistrado. "Moro tem sido acusado de ignorar o devido processo legal (...) Mas a maioria dos brasileiros sente que suas táticas de 'cotovelos afiados' valem a pena por um país mais limpo", ressalta a revista. 

Entre os cem mais influentes da lista, estão também o papa Francisco, o fundador do Facebook Mark Zuckerberg e o presidente da Apple, Tim Cook. A lista da Time não tem ordem definida. Recentemente, Moro foi apontado pela revista "Fortune" como o 13º líder mais influente para transformar o mundo.

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; CLIQUE AQUI e baixe!

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

 

Contato