Fuga de risco

Plataforma de empréstimos DeFi fechas as portas citando falta de demanda

Porter Finance disse que a falta de “adoção institucional de DeFi de renda fixa” levou à sua decisão

Por  CoinDesk -

A plataforma de crédito cripto Porter Finance, que roda na rede Ethereum (ETH), fechou sua plataforma de emissão de títulos citando a falta de demanda por empréstimos no ecossistema de finanças descentralizadas (DeFi), disseram desenvolvedores nesta quarta-feira (6).

A medida ocorre em meio à forte queda dos preços das criptomoedas, com os mercados de ações e ativos de risco, de modo geral, refletindo as preocupações com uma recessão diante do aperto monetário promovido pelos bancos centrais.

O serviço permitia que organizações autônomas descentralizadas (DAOs) emitissem títulos como forma de levantar investimentos em troca do pagamento de rendimentos aos usuários. Esses títulos ofereciam uma opção de crédito flexível e de longo prazo que vantagens sobre os empréstimos para os protocolos.

Em nota nesta quarta, contudo, a Porter disse que “não estava confiante” de que haveria grande demanda de empréstimos para produtos DeFi de renda fixa, como os oferecidos em sua plataforma.

Leia mais:
Atualização do Ethereum não resolverá problemas de escalabilidade, diz Morgan Stanley

O problema, segundo a empresa, se deve principalmente à competitividade das taxas oferecidas nos mercados tradicionais – devido aos juros elevados para conter a inflação –, e à falta de adoção do DeFi institucional de renda fixa no ano passado.

O fundador da Porter, Jordan Meyer, disse que a plataforma também está evitando riscos legais com a mudança. “Não estamos mais dispostos a assumir o risco legal associado às ofertas de títulos”, disse Meyer, sem dizer quais seriam esses riscos. “Por esses motivos, estamos nos afastando da plataforma de emissão de títulos e explorando melhores oportunidades.”

Meyer disse ainda que a medida não afetou as obrigações que a Ribbon DAO – que usou Porter para emitir seus títulos – tem com seus credores. “O Ribbon DAO ainda irá honrar pagamentos”, disse ele.

A Ribbon detém mais de US$ 71 milhões em criptomoedas, de acordo com rastreadores. Lançada em 2021, a Porter arrecadou em abril deste ano US$ 5 milhões em uma rodada inicial de investimento para seu mercado de crédito cripto.

A Porter não havia respondido aos pedidos de comentários do CoinDesk até o momento da publicação.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe