Economia americana

PIB dos EUA do 3º trimestre sobe 2,1% em leitura preliminar, abaixo do esperado

Ainda que tenha vindo abaixo do esperado, a segunda leitura do PIB veio maior que a primeira, que apontava crescimento de 2%

Por  Mitchel Diniz

SÃO PAULO – A segunda leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos no terceiro trimestre veio em alta de 2,1%, ante previsão de crescimento de 2,2% para o período. O dado divulgado nesta quarta-feira (24) saiu com uma série de outros indicadores que foram antecipados por conta do feriado de Ação de Graças amanhã (25).

Ainda que tenha vindo abaixo do esperado, a segunda leitura do PIB veio maior que a primeira, que apontava crescimento de 2%. A atualização reflete revisões em gastos pessoais com consumo e investimentos do setor privado, assim como aumento de gastos públicos e exportações.

Além do PIB, os investidores também assimilam o número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos: houve redução de 71 mil na semana encerrada em 20 de novembro, a 199 mil, segundo dados com ajustes sazonais publicados nesta quarta-feira, 24, pelo Departamento do Trabalho norte-americano. Este é o menor nível do indicador desde 1969.

O resultado ficou abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam 260 mil solicitações.

O total de pedidos da semana anterior foi revisado para cima, de 268 mil a 270 mil.

O PCE, medida de inflação observada pelo Federal Reserve para a política monetária, avançou 5,3% no terceiro trimestre.

Os pedidos de bens-duráveis, por sua vez, recuaram 0,5% em outubro na comparação com setembro. A expectativa era de um aumento de 0,2%.

Compartilhe