Pedágio: rodovias do Sul e Sudeste terão tarifas até 22% mais baratas

Isso porque o governo abriu mão da outorga e definiu em 8,95% a taxa interna de retorno dos projetos

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Os 2,6 mil quilômetros de rodovias nas regiões Sul e Sudeste cuja manutenção será transferida à iniciativa privada terão uma redução de até 22% no valor das tarifas previstas para o pedágio.

De acordo com informações do Ministério do Transporte, o governo abriu mão da outorga e definiu em 8,95% a taxa interna de retorno dos projetos. Além disso, a empresa que apresentar o menor valor da tarifa básica de pedágio ganhará a licitação.

Idéia é favorecer os usuários

Segundo o Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, as determinações são do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e têm por objetivo favorecer o usuário final das rodovias pedageadas.

Entre as rodovias que serão concedidas, estão a BR 153 (SP), BR 116 (PR e SC), BR 393 (RJ), BR 101 (RJ), BR 381 (Fernão Dias, SP e MG) e BR 116 (Régis Bittencourt, SP e PR).

Vale ressaltar que o programa de concessão de rodovias é uma das ações incluídas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Compartilhe