Orçamento: shows musicais estão ficando cada vez mais caros

Para se ter uma idéia, o preço dos ingressos subiu 4,07% em 7 de maio e mais 2,34% esta semana, de acordo com a FGV

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Algo que já é sentido pelos consumidores há algum tempo passou a figurar no Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) da Fundação Getúlio Vargas (FGV): os shows musicais estão ficando cada vez mais caros.

Na divulgação do dia 07 de maio, a entidade havia detectado um aumento de 4,07% no preço dos ingressos. Já no IPC-S desta semana (15 de maio), a alta foi um pouco menor, de 2,34%, o que mesmo assim é considerável para o bolso da maioria das pessoas.

Polêmica da meia-entrada

De acordo com a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Pro Teste), muitos organizadores de espetáculos artísticos têm aumentado o preço dos ingressos para compensar a “perda” de arrecadação com a meia-entrada.

No entanto, a meia-entrada é um direito assegurado por leis estaduais e municipais em todo o País.

Aumento também nos cinemas

Segundo o presidente da Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas (Feneec), Ricardo Difini, a grande quantidade de carteirinhas de estudante falsificadas é um dos motivos para o aumento do preço dos ingressos nos cinemas.

“Boa parte dos 70% de pessoas que usam a carteira para pagar meia-entrada não têm efetivamente direito ao benefício, já que criou-se uma infinita quantidade de associações, que não representam estudante nenhum, que emitem o documento apenas para lucrar”, argumenta.

Compartilhe