Viktor Medvedchuk

Opositor ucraniano chamado de “fantoche de Putin” foge de prisão domiciliar durante ataques russos

Já advogado diz que Viktor Medvedchuk não fugiu, só foi para lugar seguro

Por  ANSA Brasil

(ANSA) – O oligarca ucraniano Viktor Medvedchuk teria fugido da prisão domiciliar neste domingo (27) durante os ataques russos à Ucrânia, informa o jornal “Kyiv Independent” nesta segunda-feira (28) com base em uma declaração de um conselheiro do Ministério do Interior.

O empresário e político foi preso por “alta traição” no ano passado por ter apoiado as tropas separatistas que atuam na região de Donbass. Medvedchuk é líder do partido Plataforma de Oposição e é um dos principais aliados do presidente russo, Vladimir Putin, no país.

Segundo a mídia ucraniana, ele representa “os interesses” do mandatário russo na política nacional e é apontado como um dos principais candidatos a ser um “presidente fantoche” caso o plano da Rússia de derrubar o atual mandatário, Volodymyr Zelensky, funcione.

Medvedchuk é tão aliado dos russos que Putin é padrinho de nascimento de uma de suas filhas e tem negócios intensos com empresas petrolíferas e emissoras de televisão do país vizinho.

Leia também:

Já Zelensky é um presidente pró-Ocidente. No entanto, a advogado do oligarca afirma que ele não fugiu e que “apenas foi para um lugar seguro em Kiev” por conta dos bombardeios russos.

Para o governo ucraniano, no entanto, ele teria fugido do país via Belarus, nação aliada ao presidente Putin. (ANSA).

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe