Radar InfoMoney

Oi (OIBR3;OIBR4) realiza assembleia com acionistas, precificação de oferta de ações da Braskem (BRKM5) e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quinta-feira (27)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta quinta-feira (27) tem como destaque a precificação das ações da Braskem (BRKM5) no âmbito da oferta pública de distribuição secundária de ações promovida pelo controladores – Petrobras (PETR3;PETR4) e a NSP Investimentos (Novonor, antiga Odebrecht, em recuperação judicial).

A Oi (OIBR3;OIBR4) realizará assembleia geral de acionistas, nesta quinta-feira (27), para deliberar sobre a proposta de incorporação, pela companhia, de sua subsidiária Oi Móvel S.A.

O Conselho de Administração da Equatorial aprovou a realização de oferta pública de distribuição primária de até R$ 2,623 bilhões.

Oi (OIBR3;OIBR4)

A Oi (OIBR3;OIBR4) convocou assembleia geral de acionistas, para esta quinta-feira (27), para deliberar sobre a proposta de incorporação, pela companhia, de sua subsidiária Oi Móvel S.A..

Segundo a empresa, a proposta está em linha com o que prevê o Plano de Recuperação Judicial e seu aditamento, aprovados em Assembleia Geral de Credores e homologados pelo juízo da 7ª Vara Empresarial da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro.

A Companhia ressaltou ainda que a Incorporação foi submetida e está ainda sujeita à anuência prévia da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que poderá estabelecer condicionamentos na hipótese de concessão da referida anuência.

Ainda em destaque, de acordo com o site Telesíntese, o Conselho Diretor da Anatel se reúne extraordinariamente na sexta-feira (28), tendo como um dos itens a anuência prévia pedida pela Claro, TIM e Vivo para a compra da Oi Móvel.

Braskem (BRKM5)

A Petrobras (PETR3;PETR4) e a NSP Investimentos (Novonor, antiga Odebrecht, em recuperação judicial) – controladores da Braskem – registraram pedido de oferta pública de distribuição secundária de ações, simultânea no Brasil e no exterior, que pode movimentar até R$ 8,06 bilhões. A definição do preço em oferta secundária da Braskem será realizada hoje.

Segundo o prospecto da oferta, serão distribuídas até 154.886.547 de ações preferenciais classe “A”. Desse total, 79.182.486 ações são de titularidade da NSP Investimentos e 75.704.061 pertencem à Petrobras.

A expectativa é de que hoje (27) seja fixado o valor por ação da oferta, com início da negociação dos papéis na B3 em 31 de janeiro.

Equatorial (EQTL3)

O Conselho de Administração da Equatorial aprovou a realização de oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, 87.700.000 ações ordinárias de sua emissão.

Considerando a cotação de fechamento das ações ordinárias, em 26 de janeiro de 2022, de R$ 22,16 por ação, a oferta restrita seria R$ 1.943.432.000,00, sem considerar as ações adicionais, e R$ 2.623.633.200,00, considerando a colocação da totalidade das ações adicionais.

Clear Sale ([ativo=CSLA3])

A Clear Sale informou a aquisição da totalidade das ações que representam o capital social da ChargebackOps. A companhia adquirida, que tem sede em Utah nos Estados Unidos, é uma das principais empresas que atuam na área de disputa e gerenciamento de chargebacks (estornos).

A ChargebackOps atua na proteção de titulares de cartões de crédito e débito, e a Clear Sale, tem como objetivo expandir ainda mais o serviço oferecido através de sua equipe de vendas. O valor total da operação foi de US$ 3,6 milhões.

Minerva (BEEF3)

A Minerva (BEEF3) informou que concluiu o cancelamento e a recompra de mais uma parcela dos Bonds 2028 e 2031.

Segundo o Diretor de Finanças e Relações com os Investidores, Edison Ticle de Andrade Melo e Souza Filho, a operação tem como objetivo buscar uma estrutura de capital menos onerosa em relação à gestão de passivos financeiros da BEEF3.

PetroRio (PRIO3)

A PetroRio (PRIO3) comunicou que a 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acolheu, parcialmente, o recurso da empresa contra decisão do dia 22 de janeiro. A decisão garante o início e a continuação do desenvolvimento do bloco de Wahoo, que está localizado na Bacia de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Hypera (HYPE3)

O Conselho de Administração da Hypera (HYPE3) aprovou a 12ª emissão de debêntures simples, no valor total de R$ 500 milhões. Segundo a companhia serão emitidos 500 mil debêntures, em um valor unitário de R$ 1 mil com um prazo de vencimento de até cinco anos.

Fertilizantes Heringer (FHER3)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle indireto da Fertilizantes Heringer pela EuroChem.

A decisão somente será final depois de transcorrido o prazo de 15 dias contados da publicação do Despacho no Diário Oficial da União, sem que tenha havido avocação pelo tribunal do CADE.

Banco Modal (MODL11)

O Banco Modal obteve autorização para adquirir a Galapos Consultoria e Participações. De acordo com o Banco Central, a instituição financeira deverá comunicar todas as alterações a cerca da companhia adquirida.

Vale ressaltar, que a operação de aquisição de participação societária só será efetivada caso não provoque mudanças no rumo da Galapos.

Hermes Pardini (PARD3)

A Hermes Pardini (PARD3) informou que o volume de testes RT-PCR para detecção de covid-19 em todo o Brasil registra recuo de 6,6% na última semana na comparação com a semana anterior.

Energisa (ENGI11)

A Energisa (ENGI11) aderiu ao fundo Floresta Viva, lançado pelo BNDES, para investir em restauração florestal.
A companhia prevê direcionar R$ 5 milhões em ações de restauração no Pantanal e na Amazônia.

Banco Inter (BIDI4; BIDI11)

O Banco Inter (BIDI4; BIDI11) comunicou que a BlackRock passou a deter 64.874.119 de ações PN, cerca de 5,05% do total de papéis do tipo emitidas pela instituição financeira.

Via (VIIA3)

A agência de classificação de risco S&P cortou na quarta-feira a nota de crédito do grupo de varejo Via, de brAA para brAA-, com perspectiva negativa, citando dificuldades para a empresa conseguir reduzir alavancagem nos próximos trimestres por causa da deterioração do ambiente macroeconômico.

Em nota, a Via afirmou que a S&P manteve o status de grau de investimento da companhia, “nota dada para empresas com capacidade muito forte de honrar compromissos financeiros”.

 

AEGEA

A AEGEA Saneamento e Participações aprovou a distribuição dos dividendos intercalares e o valor total do montante é de R$ 33,8 milhões, vale ressaltar, que do total serão distribuídos R$ 25,3 milhões para os acionistas detentores de ações ordinárias e R$ 4,2 milhões à investidores que possuem papéis preferenciais.

(com Reuters)

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe