Estados Unidos

Obama quer reduzir déficit público em US$ 4 trilhões nos próximos 12 anos

Presidente propôs três passos essenciais: redução dos gastos dos partidos políticos, das forças armadas e do setor de saúde

Por  Tatiane Monteiro Bortolozi -

SÃO PAULO – No dia em que o congresso norte-americano discute a aprovação do Orçamento de 2011, o presidente do país, Barack Obama, anunciou em discurso na Universidade George Washington um plano para reduzir o déficit público em US$ 4 trilhões nos próximos 12 anos. Há cinco dias, o presidente fechou um acordo com republicanos para evitar a paralisação dos serviços do governo.

O plano de corte de US$ 4 bilhões foi aprovado por uma comissão fiscal bipartidária para redução da dívida no final do ano passado e encontra suporte na redução de quase USS$ 1 trilhão do déficit proposta para o Orçamento de 2012. “É uma abordagem que coloca todos os tipos de gastos na mesa, mas que protege a classe média, nosso compromisso com os idosos e nossos investimentos no futuro”, disse Obama acerca da proposta de redução do déficit.

Em seu plano, Obama listou quatro passos essenciais. O primeiro seria que os partidos Democrata e Republicano se comprometessem a reduzir despesas, o que levaria a uma economia de US$ 750 bilhões nos próximos doze anos. A segunda medida ficaria por conta da diminuição de despesas na área militar. Ainda foi sugerida uma reforma tributária e a redução dos gastos com serviços médicos. “As reformas aprovadas pela lei do seguro saúde já irão reduzir nosso déficit em US$ 1 trilhão”, disse o presidente.

Compartilhe