Em mercados

Diretor explica o "segredo do sucesso" da ação que subiu 350% desde o IPO

O diretor-executivo Financeiro e de Relações com Investidores da Cetip, Willy Jordan, explicou o que fez a ação subir 350% desde 2009 e ainda falou sobre a fusão com a BM&FBovespa; "o namoro entre as empresas já existia desde antes do IPO"

SÃO PAULO - Uma das queridinhas dos investidores da Bolsa nesta década, a Cetip (CTIP3) não conquistou tal título à toa: desde seu IPO, realizado no final de 2009, a empresa com atuação no mercado de registros de títulos mobiliários valorizou-se mais de 350% - no mesmo período, o Ibovespa caiu cerca de 15%. Para explicar qual o segredo deste sucesso, o programa Cenário RI recebeu o diretor de Relações com Investidores da Cetip, Willy Jordan.

Em entrevista gravada nos estúdios da InfoMoneyTV, Jordan apresentou o modelo de negócios da empresa, explicou como ela conseguiu tamanha valorização desde sua entrada no mercado de ações e ainda falou sobre a tão aguardada fusão entre BM&FBovespa e Cetip, revelando como foi o processo de negociação com as duas partes.

Bloco 1: Apresentação e "segredo do sucesso" da Cetip
No primeiro bloco, Willy Jordan apresentou o modelo de negócios da Cetip e como eventos econômicos - como a crise do setor automobilístico - afetam os resultados da empresa. Além disso, o diretor explicou os fatores que contribuíram para a ação subir 350% desde seu IPO.

Perguntas respondidas neste bloco:

  1. Quais são os mercados de atuação da Cetip?
  2. Como funcionam os 3 segmentos do mercado de registros e valores mobiliários?
  3. Como a queda nas vendas de automóveis acaba sendo uma preocupação para a Cetip?
  4. O que mais explica o sucesso da Cetip na Bolsa: os méritos da empresa ou o "fracasso" da renda variável na década?  

 

Bloco 2: "Namoro entre BM&FBovespa e Cetip já existia desde antes do IPO"
No segundo bloco, o diretor de RI falou sobre toda a negociação envolvendo a empresa e a BM&FBovespa, explicando que isso aconteceu bem antes do primeiro anúncio de oferta feito publicamente em dezembro.

Perguntas respondidas neste bloco:

  1. A Cetip continuará sendo a queridinha dos investidores se a economia voltar a crescer?
  2. Desde quando teve início a negociação para a fusão entre BM&FBovespa e Cetip?
  3. Como ficou para a Cetip a tarefa de negociar com as duas partes do acordo - a BM&FBovespa querendo comprar e os acionistas querendo vender mais caro?

 

Contato