Em mercados

Cenário para economia dos EUA é promissor, mostra livro Bege

Os gastos dos consumidores estão mais altos e o país viu uma recuperação dos setores de manufaturas e imobiliário

detalhe da fachado do Fed em Washington
(Jonathan Ernst/Reuters)

SÃO PAULO - A economia dos EUA está crescendo em um ritmo moderado com boas perspectivas, disse o Federal Reserve nesta quarta-feira (15) através do Livro Bege - o que pode mostrar a continuidade do programa de retirada de estímulos. 

Os gastos dos consumidores estão mais altos e o país viu uma recuperação dos setores de manufaturas e imobiliário. Além disso, 8 dos 12 distritos norte-americanos mostraram melhoras no ritmo de contratações. 

Pressões salariais e de preço continuaram contidas - com estabilidade em metade dos distritos -, mas algumas empresas de serviços planejam aumentar os preços no curto prazo, mostra o Fed. Não houve mudanças substanciais na concessão de crédito bancário por lá.

"A perspectiva econômica é positiva na maioria dos distritos, com alguns relatos citando expectativas de 'mais do mesmo' e alguns esperando retomada do crescimento", consta do relatório.

As informações, compiladas pelo Fed de Boston a partir de dados coletados até 6 de janeiro, vieram amplamente em linha com indicadores como os gastos do consumidor e a produção industrial, que mostraram aumento na força da economia no fim de 2013.

Os relatos de mais contratações amparam a tese de que a desaceleração no crescimento do emprego em dezembro foi resultante do clima frio que atingiu algumas partes do país durante o mês.

Apesar de informar que o mercado imobiliário continua a melhorar, o Fed ressaltou que alguns distritos ressaltaram que as vendas de imóveis e a construção industrial desacelerou ou contraiu em meses recentes.

Com Reuter

 

Contato