Fórum IFL

Nassim Taleb: os políticos nunca enfrentam as consequências de seus atos, mas deveriam

O trader, pesquisador e escritor, autor do best-seller A Lógica do Cisne Negro, participou ontem do Fórum Liberdade e Democracia realizado em São Paulo  

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO — Os políticos nunca enfrentam as consequências de seus atos, mas deveriam. A afirmação foi feita pelo trader, pesquisador e escritor, autor do best-seller A Lógica do Cisne Negro, Nassim Taleb, durante o Fórum Liberdade e Democracia realizado ontem em São Paulo. 

Taleb se aprofundou no tema que também é tratado em seu quinto livro Arriscando a Própria Pele (Skin in the Game), no qual ele defende que todas as pessoas deveriam assumir riscos — ou seja, todos devem ser responsáveis pelas decisões que tomam e arcar com as consequências delas. 

“Onde estão os pilotos ruins? Há alguns no fundo do oceano Atlântico, que estavam no voo da Air France Rio-Paris, há muitos no fundo do mar morto, há outros perto da Malásia. Eles estão todos mortos. Os pilotos ruins estão todos mortos. E onde estão os burocratas [políticos] ruins? Estão por aí. Mas é muito fácil julgar experts se o campo de análise demanda expertise. É o que eu chamo de ‘Skin in the game’”, disse. 

PUBLICIDADE

“Se o encanador não for um expert, quanto tempo você leva para descobrir? Segundos. O bom trabalho de um encanador é perceptível por qualquer um. Mas e o trabalho de um economista ou de outros profissionais de áreas mais sensíveis? Eles são julgados por experts. Se você é julgado pela realidade, você tem que ser assertivo e fazer as coisas da maneira mais clara possível. Mas o que acontece se você é julgado por outros? Você vai querer fazer as coisas mais complicadas em vez de fazer o que é mais simples.”

Taleb comentou sobre um dos temas mais acompanhados no cenário internacional atualmente, o Brexit. Segundo ele, “o Brexit tem muito pouco a ver com a geografia, onde fica o Reino Unido, se fica na Zona do Euro ou não. Mas tem muito mais a ver com o fato de que quando você tira o cargo de milhares de pessoas em Bruxelas, você pode gerar reclamações. A Europa não é a mesma coisa que os burocratas que estão criando regras em Bruxelas.”

Ele argumentou que o fato de os políticos criarem algumas regras ou tomarem decisões tão absurdas se deve ao fato de que eles não serão afetados por elas, citando o exemplo da Guerra no Iraque que gerou milhares de mortes e famílias despedaçadas, além de um custo financeiro enorme para os EUA — mas não para quem decidiu fazê-la.

“As pessoas valorizam quem é guerreiro. Quem de alguma forma assume seus próprios riscos”, disse. “Isso explica em partes a eleição de Donald Trump, que foi basicamente conseguida por causa do New York Times. O NYT estampava todo dia que ele perdeu US$ 1 bilhão com seus negócios. Isso mostrou para as pessoas que ele assumiu seus próprios riscos e teve de lidar com as consequências de suas decisões — isso aproximou Trump das pessoas reais. Os outros candidatos eram perfeitos, eles não pareciam reais.”

Também participaram do Fórum empreendedores que debateram as dificuldades de ter seu próprio negócio no Brasil. Entre eles, Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos, contou sobre como começou em uma salinha em Porto Alegre. Nesta semana, ele também participou do podcast Do Zero Ao Topo, do InfoMoney, onde narrou com mais detalhes sua trajetória.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra uma conta na XP Investimentos