Ação promissora

Morgan Stanley coloca 3R Petroleum (RRRP3) em lista das 7 ações globais para investir no rali do petróleo

Ainda no radar, ações da empresa sobem cerca de 2% nesta segunda-feira (31) com conclusão de compra de mais um ativo da Petrobras

Por  Mitchel Diniz -

A 3R Petroleum ([ativo=RRRP3) foi a empresa da América Latina escolhida pelo Morgan Stanley para compor uma lista com sete ações globais para investir durante o rali do petróleo. O banco diz se manter bullish (com expectativa de alta) no segmento e acredita que os mercados de petróleo e gás devem trabalhar com estoques abaixo do esperado até então pelo mercado a partir deste ano.

“Vemos o mercado de energia apertado, com o barril do petróleo Brent a US$ 100 no segundo semestre de 2022”, escreveram os analistas do Morgan Stanley.

Para escolher as sete companhias do setor de energia que compõem a lista, o Morgan Stanley considerou empresas que combinam maiores ganhos com alavancagem, perspectiva de crescimento de volumes, desinvestimento de ativos e aumento de dividendos. “A maioria também está fazendo um esforço rumo à descarbonização”, diz o relatório do banco.

O banco justifica a escolha da 3R Petroleum para a lista pelo fato da empresa ser menos exposta ao ciclo eleitoral de 2022 e ter sua alavancagem direta ao desempenho da commodity. 

A Petrobras ([ativo=PETR3], PETR4), que tem o governo como principal acionista, tem sido vista com mais cautela pelos analistas. Vale lembrar que a política de preços da estatal, baseada na paridade de preço do petróleo internacional, tem sido questionada tanto pelo atual presidente, Jair Bolsonaro, quanto pelo ex-presidente Lula, favorito nas pesquisas.

A 3R Petroleum, por sua vez, é uma “junior oil” cuja estratégia e adquirir campos maduros, no intuito de revitalizá-los e assim aumentar sua capacidade produtiva. No último ano, a empresa aproveitou desinvestimentos da Petrobras e comprou diversos ativos da empresa.

“Dentro do segmento, a 3R oferece uma boa combinação de valor, crescimento e liquidez, especialmente após seu último follow on de oferta”, escreveram os analistas do Morgan Stanley.

O Morgan Stanley acredita que a empresa deve iniciar as operações dos campos maduros adquiridos recentemente e se beneficiar com o destravamento de valor desses ativos. “Esperamos que o total produzido pela 3R possa quase dobrar em um período de três anos”, diz o relatório do banco.

Compra do Pólo Potiguar

A última aquisição confirmada da 3R Petroleum foi a do Pólo Potiguar, que pertencia a Petrobras. A operação foi confirmada pela estatal e o valor da venda ficou em US$ 1,38 bilhão. O polo contempla um conjunto de 26 concessões de campos de produção terrestres e de águas rasas, incluindo a refinaria Clara Camarão, no Rio Grande do Norte.

Com a aquisição, o Morgan Stanley espera que o foco da 3R migre totalmente para execução, já que a temporada de M&A [fusões e aquisições] dos ativos da Petrobras no Brasil está chegando ao fim. O banco acha que o ponto de entrada para ações 3R é muito atraente para ser ignorado e permanece overweight, com preço-alvo R$ 63,90, ou potencial de valorização de 69% frente o fechamento da véspera.

O banco também cita a PetroRecôncavo (RECV3) como “um nome de maior qualidade, com um longo histórico” na América Latina, porém destaca os níveis de liquidez da 3R Petroleum, o que torna mais viável a exposição de grandes investidores globais.

Às 14h23 (horário de Brasília), os papéis RRRP3 subiam 2,15%, a R$ 38,55.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe