Conteúdo editorial apoiado por

Minidólar (WDOM24): em tendência de baixa, possui potencial para continuidade

Confira o que esperar para o minidólar nesta segunda-feira (20)

Felipe Alves

Publicidade

Os contratos de minidólar (WDOM24), com vencimento em junho, fecharam a última sessão no negativo, completando o segundo dia consecutivo em queda, registrando baixa de 0,68% aos 5.105 pontos.

Assim, com base no fechamento da última sexta-feira, aos 5.105 pontos, o analista técnico Rodrigo Paz aponta como suportes 5.105/5.100 (1), 5.094,5/5.089 (2) e 5.075/5.060 (3). Enquanto isso, as resistências encontram-se em 5.111/5.123 (1), 5.131/5.140 (2) e 5.149/5.170 (3).

Baixe uma planilha gratuita para calcular seus investimentos em renda fixa e fuja dos ativos que rendem menos

Continua depois da publicidade

Com base no gráfico de 15 minutos é possível notar que o contrato do minidólar retomou movimento de baixa e possui potencial para continuidade, e para isso será necessário que rompa a região de 5.105/5.100 pontos. Para que se retome o movimento de alta, será necessário superar e se manter acima da região de médias.

“Para hoje (segunda-feira), é importante atentar-se à região de suporte nos 5.105/5.100 pontos. Se o ativo perder esse suporte, poderá acelerar sua queda em busca das próximas regiões em 5.094,5/5.089 e mais abaixo nos 5.075/5.060 pontos”, afirma ele.Caso o ativo retome o fluxo de altas, terá que superar a região de resistência nos 5.111/5.123 pontos. Caso supere tal região tende a buscar novas faixas de resistência. O próximo alvo será na região de 5.131/5.140 pontos, com alvo mais longo na resistência de 5.149/5.170 pontos.

Dólar futuro (WDOK24): Gráfico de 60 minutos

Analisando o gráfico de 60 minutos, é possível observar que o minidólar fechou em baixa na última sessão, após período de consolidação. E pelo gráfico mostra que tem potencial para continuidade das baixas. Para que siga tal movimento será necessário romper a região de suporte nos 5.105/5.100 pontos. Para retomar o movimento de alta, deverá superar a região de médias nos 5.114/5.126 pontos.  

Continua depois da publicidade

“Para que o ativo siga as baixas, deverá perder a região de suporte nos 5.105/5.100 pontos. Caso haja este rompimento, o fluxo vendedor será iminente e irá buscar o fundo de 5.089 e mais abaixo os 5.075/5.060 pontos. No entanto, é necessário atenção nesta região de suporte, caso os vendedores não consigam romper, o ativo poderá retomar as compras”, diz o analista Rodrigo Paz.

Caso retome o fluxo de altas, deverá superar a região de médias nos 5.114/5.126 pontos. Se superada, deverá buscar a região da média de 200 períodos nos 5.144 pontos, com alvo mais longo nos 5.170/5.175 pontos.

Guias de análise técnica:

Confira mais conteúdos sobre análise técnica no IM Trader. Diariamente, o infomoney publica o que esperar dos minicontratos de dólar e índice. Faça as operações mais certeiras da Bolsa com o apoio da Rico. Abra uma conta agora.