Conteúdo editorial apoiado por

Mini-índice (WINQ24) pode retomar alta se superar os 128.000 pontos

Confira o que esperar para o mini-índice terça-feira (09)

Rodrigo Paz

Publicidade

Os contratos de mini-índice (WINQ24), com vencimento em agosto, fecharam a última sessão no negativo, registrando leve baixa de 0,06%, aos 127.680 pontos. Assim, podemos apontar como suportes 127.370/127.200 (1), 126.800/126.480 (2) e 125.900/125.650 (3). Enquanto isso, as resistências encontram-se em 128.000/128.240 (1), 128.500 (2) e 129.000/129.200 (3).

Para o pregão de hoje (terça-feira), os traders devem se atentar para possível movimento comprador do mini-índice, e para isso será necessário que supere a faixa de resistência nos 128.000/128.240 pontos. Caso isto ocorra, o ativo poderá seguir com fôlego comprador para buscar sequência altista. No entanto, vale atenção, pois caso o ativo rompa a faixa de suporte nos 127.370/127.200 pontos, poderá dar fôlego às vendas. 

Através do gráfico de 15 minutos é possível notar que o ativo teve leve baixa na última sessão. Para retomar o movimento de compras deve superar a resistência nos 128.000/128.240 pontos, para então mirar a região de 128.500 pontos, com alvo mais longo na região de 129.000/129.200 pontos.

Continua depois da publicidade

Caso o ativo siga o fluxo vendedor da véspera, terá suporte na região de 127.370/127.200 pontos. Caso rompa tal região, poderá buscar os 126.800/126.480pontos. O alvo mais longo será na região de suporte nos 125.900/125.650 pontos.

Fonte: Nelogica

WINQ24: Gráfico de 60 minutos 

Por meio do gráfico de 60 minutos é possível observar que o mini-índice fechou com leve baixa na última sessão. E para seguir o movimento deverá romper a faixa de suporte nos 127.370/126.800 pontos. Para que se retome o movimento de alta será necessário superar a região de resistência nos 128.000/128.240 pontos.

Continua depois da publicidade

Para que o ativo retome o fluxo comprador será necessário superar a região de 128.000/128.240 pontos, além de se manter acima desta região, para então buscar alvos mais longos nos 128.490/129.000 e na resistência de 129.200/130.000 pontos.

Caso o ativo retome o fluxo de baixa, deverá romper a região de suporte nos 127.370/126.800 pontos. Se perder tal faixa, poderá buscar alvo nos 126.480/126.000 e na região mais longa nos 125.650/125.000 pontos.

Fonte: Nelogica

Continua depois da publicidade

(Rodrigo Paz é analista técnico)

Guias de análise técnica:

Confira mais conteúdos sobre análise técnica no IM Trader. Diariamente, o infomoney publica o que esperar dos minicontratos de dólar e índice. A 1ª em corretagem zero. Abra sua conta na Clear.