Blockchain Economy

Maximalista do Bitcoin, CEO da MicroStrategy critica Ethereum: “Tem falhas técnicas e éticas”

O CEO da MicroStrategy alertou que a rede não ficará completa ou estável por mais 36 meses

Por  CoinDesk -

O empresário Michael Saylor, conhecido por ser um maximalista do Bitcoin (BTC), questionou a solidez do Ethereum (ETH), tanto em termos técnicos quanto éticos.

Saylor, fundador e CEO da empresa de software de inteligência de negócios MicroStrategy, opinou sobre o segundo maior projeto do mercado cripto no evento Blockchain Economy, em Istanbul, nesta quarta-feira (27), no qual participou de forma remota. Ele falou por quase uma hora.

A primeira crítica foi direcionada ao cronograma de atualização da blockchain do Ether. Ele disse que o cofundador do Ethereum, Vitalik Buterin, falou em um discurso na semana passada que o projeto estava 40% pronto e havia estabelecido um roteiro de três a quatro anos, o que significa que “parece que o protocolo não será concluído ou ficará estável por mais 36 meses”, afirmou.

Saylor, que gerencia um estoque de 129.218 BTC na MicroStrategy, avaliados em quase US$ 3 bilhões, observou que estava opinando como um investidor institucional.

Em sua fala, o empresário também disse que o projeto não teve sua eficiência comprovada por um longo período, e isso levanta preocupações sobre a confiabilidade e a segurança técnica de sua blockchain.

“‘Tecnicamente sólido’ significa que eu preciso ver a função do protocolo depois de cerca de cinco a 10 anos. Nós também não sabemos disso, certo? Porque se você está fazendo um hard fork (atualização) e mudando, toda vez que você faz uma grande atualização, você introduz novas superfícies de ataque (número total de pontos de entrada possíveis para acesso não autorizado em qualquer sistema)”, disse ele.

Além disso, Saylor lançou dúvidas sobre a solidez ética do Ethereum.

“‘Eticamente correto’ significa que eu preciso saber que ninguém pode mudar [o protocolo], o que inclui Vitalik. Eu preciso saber que ninguém na fundação Ethereum pode alterar a plataforma, porque se fizerem isso, ela será um título e não um dinheiro global”, disse Saylor.

Ele sugeriu recentemente que a MicroStrategy nunca venderá seu estoque de Bitcoin.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe