Novo programa

Magazine Luiza (MGLU3) anuncia novo programa de recompra de até 40 milhões de ações

O prazo máximo para aquisição das referidas ações é de 18 meses

Tela de celular com Magazine Luiza
(Shutterstock)

SÃO PAULO – O Magazine Luiza (MGLU3), comunicou nesta sexta-feira (27) a aprovação, pelo seu Conselho de Administração, do encerramento do programa de recompra de ações criado em 26 de agosto e a criação de um novo programa.

No último programa, foram adquiridas 40 milhões de  ações ordinárias de emissão da companhia. O preço médio das ações adquiridas foi de R$ 22,27.

A companhia renovou o seu programa, respeitando os limites previstos na regulamentação aplicável, sem redução do capital social, e que tem por principal objetivo maximizar a geração de valor para os acionistas.

“Adicionalmente, poderá utilizar as ações para permanência em tesouraria e posterior alienação e/ou cancelamento e/ou para fazer frente às obrigações da empresa decorrentes do plano de opções de ações e do plano de remuneração baseado em ações, dirigidos a seus executivos e colaboradores e/ou para entrega em pagamento pela aquisição de participação societária em outras sociedades realizadas ou a serem realizadas pela companhia ou por suas controladas”, apontou.

Poderão ser adquiridas até 40 milhões de ações ordinárias, equivalentes, nesta data, a 0,60% das ações totais emitidas pela Companhia e a 1,41% das ações em circulação.

O prazo máximo para aquisição das referidas ações é de 18 meses, a contar da data da divulgação do fato relevante, encerrando-se em 25 de fevereiro de 2023.

A aquisição será realizada em Bolsa de Valores, a preço de mercado, cabendo à Diretoria Executiva decidir o momento e a quantidade de ações a serem adquiridas, respeitando os limites previstos na regulamentação aplicável, informou a empresa.

As melhores recomendações de investimentos por 30 dias grátis: conheça o Expert Pass