ESG

Lojas Renner reitera compromissos públicos de sustentabilidade após evolução em índice de referência

Pela primeira vez a Lojas Renner passa a integrar o Dow Jones de Sustentabilidade Global em duas categorias simultaneamente

Por  Equipe InfoMoney

SÃO PAULO – O índice Dow Jones de Sustentabilidade Global (DJSI World) anunciou nesta semana sua nova constituição, contando com nove empresas brasileiras na carteira.

Em nota, a Lojas Renner (LREN3) informou que é a empresa de varejo com maior pontuação no mundo, alcançando 80 pontos sobre 100 no ranking, 15 a mais do que o obtido no ano anterior. O índice é referência global em sustentabilidade corporativa ao avaliar as práticas ESG das maiores companhias de capital aberto, de diferentes setores da economia.

Além disso, apontou, pela primeira vez a Lojas Renner passa a integrar o DJSI em duas categorias simultaneamente: a World Index (com mais de 320 empresas selecionadas, sendo 9 brasileiras) e a Emerging Markets Index (com mais de 100 empresas, sendo 10 brasileiras).

“Com a nota conquistada, a Lojas Renner se torna a varejista melhor avaliada globalmente dentre as que compõem o índice e também a única varejista de moda brasileira presente. Este é o sétimo ano da companhia no DJSI – em 2014, 2015 e 2016 figurou no DJSI Emerging Markets e de 2018 a 2020 entrou no DJSI World”, destacou a empresa em nota.

“Este reconhecimento reforça a consistência e a relevância do nosso compromisso com questões ambientais, sociais e de governança corporativa, dentro da nossa estratégia de moda responsável. Ano após ano, estamos focados em fazer a diferença e evoluir na nossa atuação ESG. Ficamos muito felizes em perceber que este empenho vem dando resultado e esperamos que todo o mercado siga avançando nessa jornada”, afirmou em nota Fabio Faccio, diretor presidente da varejista.

Faccio ressaltou que, em 2018, a companhia assumiu quatro compromissos públicos para o final de 2021 na área de sustentabilidade: ter 80% dos produtos menos impactantes, sendo 100% do algodão certificado; suprir 75% do consumo corporativo de energia com fontes renováveis de baixo impacto; reduzir em 20% as emissões de CO2 em relação aos níveis de 2017; e ter toda cadeia nacional e internacional de fornecedores com certificação socioambiental – meta que já foi atingida em setembro deste ano.

Entre as iniciativas, está a abertura da primeira loja circular do varejo brasileiro, em 30 de outubro. Localizada no shopping Rio Sul, no Rio de Janeiro, a unidade da marca Renner foi desenhada considerando as premissas da economia circular, conceito que associa o desenvolvimento ao melhor uso de recursos, priorizando materiais mais duráveis e renováveis para diminuir ao máximo o impacto ambiental.

Adicionalmente, afirma a companhia, a Renner vem ampliando o consumo de energia de fontes renováveis de baixo impacto e anunciou, na metade deste ano, um contrato com a Enel Green Power para compra de energia sustentável de parque eólico com o objetivo de abastecer 100% da demanda de 170 lojas e de um centro de distribuição.

CDB com 300% do CDI? XP antecipa Black Friday com rentabilidade diferenciada para novos clientes. Clique aqui para investir agora!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe