Impostos

IR 2020: Receita Federal libera hoje consulta ao quarto lote de restituição; veja como acessar

O pagamento da restituição acontece na próxima segunda-feira, no dia 31 de agosto

SÃO PAULO – A Receita Federal abre nesta segunda-feira (24), às 9h, a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) de 2020. O pagamento será feito no dia 31 de agosto.

Segundo informações do Fisco, 4.479.172 contribuintes devem ser beneficiados neste terceiro lote, que deve totalizar R$ 5,7 bilhões em impostos restituídos à população.

O contribuinte pode consultar se a sua declaração já foi processada pelo site oficial da Receita Federal, informando CPF e data de nascimento. Também é possível consultar pelo telefone, no número 146; ou pelos aplicativos da Receita para smartphones ou tablets.

PUBLICIDADE

Tem imposto a restituir aquele contribuinte que, depois de todos os ajustes entre receitas e despesas, sofreu retenção na fonte maior do que o seu imposto devido. Basicamente, é o contribuinte que, ao longo do ano de exercício da declaração, pagou mais imposto do que deveria de acordo com sua faixa de renda.

Confira o cronograma oficial de restituição em 2020:

LoteData
1º Lote29 de maio
2º Lote30 de junho
3º Lote31 de julho
4º Lote31 de agosto
5º Lote30 de setembro

Do valor total que será restituído neste lote, cerca de R$ 248,6 milhões refere-se aos contribuintes que têm prioridade legal na hora de receber a restituição, sendo 6.633 contribuintes idosos acima de 80 anos, 36.155 contribuintes entre 60 e 79 anos, 4.308 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 17.787 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Serão contemplados ainda 4.414.289 contribuintes não prioritários, que entregaram a declaração até o dia 19 de junho.

Como saber se eu caí na malha fina?

Se ao fazer a consulta no site da Receita a declaração aparecer como “Processada – em fila de restituição”, significa que já foi analisada pela Receita, não tem pendências, não caiu na malha fina, e você está na fila da restituição – caso tenha imposto a restituir e não imposto a pagar.

O contribuinte que deseja saber com exatidão se terá direito à restituição no IR deste ano pode acessar o Portal e-CAC (Centro Virtual de Atendimento), informando o CPF e o código de acesso, que pode ser obtido neste link.

PUBLICIDADE

Após acessar o site o contribuinte pode acessar no menu “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)” todas as declarações enviadas e consultar os valores de restituição de cada uma delas.

Mas se ao fazer a consulta o contribuinte descobrir que a declaração tem inconsistências e foi retida em malha fina, é preciso enviar uma declaração retificadora para corrigir os erros (veja o que fazer se a declaração cair na malha fina).

Newsletter InfoMoney
Informações, análises e recomendações que valem dinheiro, todos os dias no seu email:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.