5 assuntos

Índices futuros dos EUA e bolsas europeias iniciam 2022 em alta e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje

Enquanto isso, bolsas asiáticas registraram desempenho misto, com investidores seguindo de olho no caso Evergrande; por aqui, eleições no radar

Por  Equipe InfoMoney -

Os índices futuros americanos e as bolsas europeias avançam nesta segunda-feira (3) pela manhã, apesar da continuidade de incertezas relacionadas à pandemia de Covid. Os mercados asiáticos, por sua vez, fecharam com desempenhos variados entre si.

A semana passada encerrou o ano de 2021 em um ritmo forte, apesar de uma leve queda na sexta-feira. No ano, o S&P avançou 27%, e tanto o Nasdaq quanto o Dow tiveram fortes desempenhos.

O avanço da variante Ômicron do coronavírus contribuiu para milhares de cancelamentos de voos durante o feriado, e fez com que alguns negócios e algumas escolas considerassem fechar temporariamente nos Estados Unidos. Vários bancos grandes de Wall Street requisitaram que funcionários trabalhassem de casa nas primeiras semanas de janeiro.

O especialista em doenças infecciosas e conselheiro médico do presidente dos Estados Unidos Anthony Fauci afirmou à rede de televisão ABC que autoridades de saúde do país podem atualizar as diretrizes e recomendar que pessoas que já testaram positivo para a Covid realizem um novo teste para avaliar quando podem deixar o isolamento.

A política monetária e a inflação nos Estados Unidos também devem continuar a ser temas centrais para 2022. A expectativa é de que o Federal Reserve eleve as taxas de juros várias vezes no próximo ano visando atenuar a alta nos preços aos consumidores.

1. Bolsas mundiais

Estados Unidos

Após Wall Street fechar 2021 perto de máximas recordes na sexta-feira, o último dia de negociações de 2021, marcando o segundo ano de recuperação de uma pandemia global, os índices futuros sugerem um início de 2022 positivo para o mercado americano.

O S&P 500 ganhou 27% em 2021. Até quinta-feira, o índice de referência registrou 70 fechamentos recordes, ou o segundo maior de todos os tempos. O Dow somou 18,73% no ano e o Nasdaq ganhou 21,4%. Todos os três principais índices de ações dos EUA obtiveram ganhos mensais, trimestrais e anuais, registrando seu maior avanço de três anos desde 1999.

O ano começa com incertezas contínuas em torno da pandemia de Covid-19, mas com investidores sendo menos pressionados em relação à variante ômicron após boas notícias sobre a ação de vacinas já existentes. Ainda assim, o aumento de casos nos Estados Unidos durante as festas de final do ano fizeram com que os atrasos nas viagens aéreas continuassem neste domingo, unindo-se com uma forte tempestade de inverno em direção ao leste do país que prejudicou ainda mais a operação das companhias aéreas.

Confira o desempenho dos índices Futuros de NY, segundo cotação das 7h13 (horário de Brasília):

Dow Jones Futuro (EUA), +0,37%
S&P 500 Futuro (EUA), +0,4%
Nasdaq Futuro (EUA), +0,49%

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ásia

Já as bolsas asiáticas têm desempenhos variados entre si, com destaque negativo do índice Hang Seng, de Hong Kong nesta segunda-feira, em que alguns dos principais mercados da região, permanecem fechados. As bolsas na China continental e no Japão não abriram.

As negociações de ações e produtos estruturados do Grupo China Evergrande, que está altamente endividado, foram suspensas em Hong Kong na segunda-feira, sem que fosse apresentado um motivo imediato. Os papéis do China Evergrande New Energy Vehicle Group, ligado ao Evergrande, tiveram, no entanto, alta de mais de 12%. Outros papéis ligados à empresa tiveram resultados negativos ou neutros.

Após uma estreia forte na semana passada, os papéis da empresa chinesa de inteligência artificial Sensetime tiveram alta de quase 29% na segunda-feira.

Fechamentos asiáticos:

Nikkei (Japão), -0,4% (fechado)
Shanghai SE (China), +0,57% (fechado)
Hang Seng Index (Hong Kong), -0,53% (fechado)
Kospi (Coreia do Sul), +0,37% (fechado)

Europa

Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, avança mais de 0,6%. Os mercados no Reino Unido e na Irlanda permanecem fechados por conta do feriado de Ano-Novo.

Bolsas europeias

FTSE 100 (Reino Unido), não abriu
Dax (Alemanha), +0,97%
CAC 40 (França), +0,95%
FTSE MIB (Itália), +1,12%

Commodities e bitcoin

Os preços do petróleo avançam mais de 1%, os do minério de ferro mais de 0,8% em Dalian. Já os contratos futuros do minério em Singapura saudaram o novo ano com um ganho de 4,4% no início do pregão.

Segundo fontes ouvidas pela Reuters, os ministros da Opep realizarão uma reunião na segunda-feira para discutir a nomeação de um novo secretário-geral, disseram duas fontes da organização, e o candidato do Kuweit tem o amplo apoio da maioria do grupo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Haitham al-Ghais, ex-representante do Kuweit na Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), é o único candidato para o cargo, segundo as fontes. O atual secretário-geral da organização, Mohammad Barkindo, da Nigéria, que ajudou a forjar um acordo com países não membros da Opep, como a Rússia, para reduzir a produção de petróleo e equilibrar o mercado, deve deixar o cargo no fim de julho, quando acaba seu segundo mandato de três anos.

A Opep e seus aliados, grupo conhecido como Opep+, devem realizar outra reunião na terça-feira para conversar sobre a política de produção.

Commodities

Petróleo WTI, +1,26%, a US$ 76,16 o barril
Petróleo Brent, +1,39%, a US$ 78,85 o barril
Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 0,89%, a 680 iuanes, o equivalente a US$ 106,99

Bitcoin

Bitcoin, -1,77% a US$ 46.885,23 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

Criptos hoje: Bitcoin abre 2022 em baixa, investidores migram para DeFi e Shiba Inu lança DAO

2. Agenda

Brasil
8h25: Banco Central divulga Relatório Focus
10h: Índice do Gerente de Compras (PMI na sigla em inglês) Markit industrial, relativo a dezembro
15h: Balança comercial relativa a dezembro

Estados Unidos
11h45: PMI industrial relativo a dezembro
12h: Gastos com construção em novembro

Japão
21h30: PMI industrial relativo a dezembro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

China
22h45: PMI industrial Caixin relativo a dezembro

Auxílio Brasil

Na quinta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou com dois vetos o projeto de lei que cria o programa de transferência de renda Auxílio Brasil em substituição ao Bolsa Família em 2022. O novo programa pagará em média R$ 400 aos beneficiários, mais do que o antecessor. 

O presidente vetou o dispositivo que estabelecia que as despesas do programa ocorreriam com as dotações orçamentárias alocadas ao Auxílio Brasil. O governo afirma que o veto ocorreu porque a lei prevê a vinculação de atendimento de todos os elegíveis de forma automática o que, em sua avaliação, altera a natureza da despesa do programa e leva à ampliação das despesas sem que haja a devida dotação orçamentária. 

Em comunicado, a Secretaria-Geral da Presidência disse que o atendimento de potenciais beneficiários “dependerá das dotações orçamentárias disponíveis, com vistas a cumprir as regras de responsabilidade fiscal”.

Bolsonaro também vetou o ponto que estabelecia metas para taxas de pobreza por avaliar que a medida geraria Ônus ao Poder Executivo federal, em desalinhamento à gestão fiscal responsável. 

 

3. Saúde do presidente e eleições

Com suspeita de obstrução intestinal, o presidente Jair Bolsonaro (PL) realiza nesta segunda-feira exames no hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, segundo informações confirmadas pelo portal UOL. 

Ao veículo, o médico Antônio Luiz Macedo, que operou Bolsonaro após a facada que recebeu durante a campanha presidencial de 2018, afirmou que está em viagem nas Bahamas e que deve desembarcar em São Paulo na tarde desta segunda-feira para tratar o presidente. Ele afirmou que não se sabe se uma cirurgia será necessária. 

Candidatura de Sergio Moro

Reportagem de bastidores publicada pelo portal UOL nesta segunda-feira afirma que, caso a candidatura para a presidência da república do ex-juiz Sergio Moro (Podemos) não decole, não chegando a 15% das intenções de voto até fevereiro, ele deve abandonar sua intenção original e se candidatar a senador em 2023.

Atualmente, Moro tem cerca de 9% das intenções de voto, segundo pesquisa Datafolha divulgada em meados de dezembro. De acordo com a reportagem, a ideia se fortaleceu após o ministro Bruno Dantas, do TCU (Tribunal de Contas da União) mandar a consultoria americana Alvarez & Marsal revelar os serviços prestados e os valores pagos a Moro.

Alvarez & Marsal é o escritório que atuou como administrador judicial da Odebrecht, empreiteira investigada pela Lava Jato que foi alvo de decisões de Moro na época em que este conduziu a Lava Jato. Moro foi contratado pelo escritório em abril, logo após deixar a chefia do Ministério da Justiça, e deixou o emprego para se lançar como pré-candidato à presidência.

Política de preços da Petrobras

Em entrevista publicada na quinta-feira pela agência internacional de notícias Reuters, o presidente da Petrobras, general da reserva Joaquim Silva e Luna, afirmou que o calendário eleitoral de 2022 não deve afetar a política de preços de combustíveis da empresa.

“Estamos toreando os preços num espaço maior sem ficar flutuando, mas a tendência continua sendo manter a política com referências como mercado, importação e câmbio, que pressionou muito este ano”, disse. O preço médio do diesel da Petrobras aumentou 65% no acumulado do ano, e o valor médio da gasolina da petroleira acumulou alta de 68%.

4. Impacto da Ômicron e Covid no Brasil

Reportagem publicada em 31 de dezembro pelo jornal americano The New York Times afirma que uma série de estudos realizados em animais de laboratório e em tecidos humanos indicam que a variante Ômicron pode causar menos danos aos pulmões. Isso pode explicar por que, aparentemente, a variante causa um impacto menos severo entre aqueles contaminados.

De acordo com a reportagem, em estudos em camundongos e hamsters a Ômicron causou danos mais limitados às vias aéreas superiores: o nariz, a garganta e a traqueia, e menos danos aos pulmões.

Cruzeiros no Brasil

A Anvisa reforçou no domingo (2) a recomendação de suspender a temporada de cruzeiros, após três embarcações registrarem casos de Covid a bordo. A agência já havia recomendado ao Ministério da Saúde a revisão da portaria que liberou esse tipo de viagem nos próximos meses, por conta do risco à saúde. A decisão final é do Ministério da Saúde.

Em comunicado, a agência pediu que passageiros que tenham viagens para os próximos dias reconsiderem o embarque para proteger a saúde e para evitar transtornos por conta da possibilidade de interrupção de viagem, desembarque em porto diferente do planejado e de que o navio entre em quarentena.

Também no domingo, a Anvisa informou que mais de 3.000 passageiros foram impedidos de embarcar no navio de cruzeiros MSC Splendida por conta da transmissão sustentada de Covid-19 entre os tripulantes. A agência disse que o navio foi notificado no dia 1º sobre o impedimento de embarcar. A MSC disse ao portal UOL que foi informada da suspensão apenas na tarde do domingo, e que passageiros poderão receber um crédito no valor do cruzeiro original para o final de 2022.

Ainda no domingo, a Anvisa afirmou que vai apurar a notícia de que uma festa de virada de ano foi promovida no cruzeiro Costa Diadema, apesar de um surto de Covid no navio com ao menos 68 casos confirmados, que fez com que a agência proibisse atividades que não fossem essenciais. A embarcação está atracada em Salvador por conta de casos de Covid entre passageiros e tripulantes, e o navio deve chegar a Santos nesta segunda-feira.

Balanço Covid

No domingo (2), o Brasil registrou 32 mortes por Covid-19 em 24 horas. Assim, a média móvel de mortes por Covid em 7 dias ficou em 98, queda de 26% em comparação com o patamar de 14 dias antes, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa divulgadas às 20h.

Em um dia foram registrados 1.753 novos casos de Covid. A média móvel de novos casos em sete dias foi de 7.628, o que representa alta de 118% em relação ao patamar de 14 dias antes.

Os números podem ter sido impulsionados por dados represados um ataque hacker realizado em 10 de dezembro contra o site do Ministério da Saúde e ao aplicativo e à página do ConectSUS, que prejudicaram o registro de casos por estados.

Chegou a 143.412.019 o número de pessoas totalmente imunizadas contra a Covid no Brasil, o equivalente a 67,23% da população.

O número de pessoas que tomaram ao menos a primeira dose de vacinas atingiu 161.240.508 pessoas, o que representa 75,59% da população. A dose de reforço foi aplicada em 26.358.433 pessoas, ou 12,36% da população.

5. Radar corporativo

BRF (BRFS3)

A BRF (BRFS3) defendeu, em resposta aos questionamentos da Petros, o aumento de capital por meio de follow on.
Segundo comunicado, a proposta de aumento de capital será votada na Assembleia Geral Extraordinária convocada para o próximo dia 17.

Desde junho de 2021, a BRF tem percebido uma forte evolução de sua dívida bruta nominal, fundamentalmente pela variação cambial e geração de caixa em 2021, com nível de liquidez estável. Assim, a dívida líquida saltou de R$14,7 bilhões em 30 de junho de 2021 para R$16,7 bilhões em 30 de setembro de 2021. No mesmo período, o indicador de alavancagem líquida saiu de 2,76x EBITDA dos últimos 12 meses para 3,06x.

A administração diz que vê com preocupação o nível de alavancagem líquida no curto/médio prazo, ainda que teoricamente possa haver elevação do EBITDA nominal da Companhia e apesar de todas as contramedidas adotadas, incluindo, recentemente, a extinção do put e reconfiguração de nossa sociedade na Banvit com a Qatar Investment Authority (QIA).

Magazine Luiza (MGLU3)

O Magazine Luiza começou a operar neste fim de ano o maior centro de distribuição da rede, em Guarulhos (SP). Com 100 mil metros quadrados, começou a ser planejado há cerca de três anos para atender ao aumento da demanda da companhia. Com essa e outras unidades abertas em 2021, a capacidade de armazenagem do Magalu cresceu em 30% no ano. A empresa chega em dezembro com 21 CDs e 1 milhão de m² de área para estocagem. Considerando as lojas, até 2023 a companhia espera ter 2 milhões de m² no total.

A inauguração ocorreu no fim de um ano considerado particularmente difícil para as varejistas. Depois de um forte crescimento nas vendas digitais em 2020, o desempenho em 2021 foi marcado pelo fim do impacto do auxílio emergencial, pela alta da inflação e pela continuidade dos indicadores ruins de emprego e renda. A negociação das ações dessas empresas na Bolsa espelhou esses problemas. O Magalu fechou o ano com o pior desempenho do Ibovespa, principal indicador da B3, com queda de 71%.

Raízen (RAIZ4)

O Conselho de Administração da Raízen aprovou a declaração de Juros Sobre Capital Próprio (JCP), no valor bruto de R$ 0,022011100299128 por ação.

O referido JCP terá como base de cálculo a posição acionária de 5 de janeiro de 2022. O pagamento do JCP ocorrerá em data a ser definida.

B3 (B3SA3)

A B3 (B3SA3) comunicou que os valores atribuídos por ação relacionados aos dividendos referentes ao terceiro trimestre de 2021 foram ajustados de R$ 0,14945197 para R$ 0,14945153.

Kora (KRSA3)

A Kora Saúde (KRSA3) celebrou um contrato de compra e venda para a aquisição de 100% das ações representativas do capital social da Serviços Hospitalares Yuge (Hospital São Francisco), localizada em Ceilândia, no Distrito Federal, incluindo todos os imóveis da companhia, bem como as áreas adjacentes para futuras expansões.

A companhia assumiu a obrigação de pagar aos vendedores o preço de aquisição de R$ 330 milhões, sendo R$ 250 milhões no fechamento da operação e R$ 80 milhões em até 5 anos.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe