Imóveis: Abecip afirma que incorporadoras se voltam para a baixa renda

Associação percebe que valor médio dos financiamentos destinados à construção de imóveis está em queda

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O valor médio dos financiamentos destinados à construção de imóveis está em queda, segundo revelou a Abecip (Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança).

Isso indica, de acordo com a entidade, que o setor de incorporações começa a se voltar para as faixas de renda mais baixas, onde é maior o déficit de habitações.

De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (22) pela Abecip, na comparação entre abril de 2008 e 2009, registrou-se um crescimento de 16% nos empréstimos a empresas da construção civil, destinados à construção de habitações.

Potencial da baixa renda

Aprenda a investir na bolsa

Pesquisa realizada pelo Instituto Data Popular revelou que a maior demanda no mercado imobiliário está na base da pirâmide social.

Todo o ano, surgem no Brasil 1,2 milhão de novas famílias, sendo 80% delas nas classes C, D e E. Além disso, o mercado popular é o que mais cresce no Brasil, com uma renda que aumentou R$ 163 milhões entre 2002 e 2008.

“No Brasil, temos uma característica importante nas famílias da base da pirâmide social: quanto menor a renda, mais gente mora na mesma casa e isso, por si, já distingue bem o mercado imobiliário das classes C, D e E daquele dos consumidores do topo da pirâmide social”, afirmou o sócio-diretor do Data Popular, Renato Meirelles.