Viés em NY e IPCA acima do previsto jogam Ibovespa para baixo

Noticiário corporativo também movimenta o mercado

Estadão Conteúdo

(Getty Images)

Publicidade

A indicação de queda na abertura das bolsas norte-americanas nesta quinta-feira, após alta ontem, e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de janeiro acima do esperado impedem o Ibovespa de subir na esteira das commodities.

O petróleo avança em torno de 1,00%, diante das tensões no Oriente Médio. O minério de ferro fechou com elevação de 2,39% em Dalian, na China, a poucos dias do feriado chinês, que começa no dia 10. Às 11h07, as ações da Vale subiam 0,46% e as da Petrobras zeravam a alta.

O Índice Bovespa cedia 0,25%, aos 129.622,52 pontos, ante recuo de 0,35%, com mínima aos 129.497,45 pontos, depois de subir 0,14% (máxima aos 130.125,92 pontos). Ontem, fechou em baixa de 0,36%, aos 129.949,90 pontos, após ter retomado no dia anterior o nível dos 130 mil pontos.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Com o feriado se aproximando na China e o carnaval, que deixará os mercados fechados no Brasil, os negócios estão meio “parados”, descreve o estrategista-chefe do Grupo Laatus, Jefferson Laatus. “Acabaram os balanços de peso nos Estados Unidos e os dirigentes do Fed (Federal Reserve, o banco central dos EUA) estão alinhado em seus discursos, indicando paciência quanto ao início do corte de juros americanos”, avalia.

As ações do Bradesco, que despencaram ontem entre 15,90% (PN) e 13,02% (ON), após apresentar lucro menor no quarto trimestre do que o esperado, tentam alguma recuperação. Agora, fica no radar a divulgação do balanço do Banco do Brasil (BB), após o fechamento da B3, e do relatório de produção da Petrobras do último trimestre de 2023. Os papéis do BB cediam 0,35% e Bradesco PN subia 0,29%, enquanto ON recuava 0,32%.

Hoje, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o IPCA fechou janeiro com alta de 0,42%, ante 0,56% em dezembro. O resultado superou a mediana de 0,35% das estimativas na pesquisa do Projeções Broadcast.

Continua depois da publicidade

O avanço da taxa de inflação mais do que o previsto influencia negativamente algumas ações ligadas ao consumo, dada a alta já vista nos juros futuros.

Segundo o economista André Perfeito, “houve piora qualitativa do índice”, com os núcleos apresentando certa aceleração e a dispersão mantendo-se em nível elevado.

A despeito da aceleração, Perfeito reitera em nota seu cenário de Selic em 9,75% ao final do ciclo. O economista explica que, se de um lado o IPCA tende a ficar relativamente estável, por outro, “a dinâmica do mercado de trabalho tende a pressionar serviços”.