Fechamento

Ibovespa tem 5ª alta consecutiva e dólar sobe em meio a aumento dos riscos e ajuste na curva de juros

Hoje os investidores também ficaram atentos à votação da cessão onerosa, que beneficiou as ações da Petrobras

“Shutterstock”

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em sua quinta alta consecutiva nesta terça-feira (15), e já sobe 4,5% desde a terça passada, quando caiu pela última vez. Apesar disso, foi o dólar que roubou as atenções neste pregão, ao subir quase 1%.

Segundo Hideaki Iha, operador de câmbio da Fair Corretora, o câmbio refletiu mais uma vez a perda de atratividade do carry trade no Brasil. De acordo com ele, o surgimento das apostas de um corte de 0,75 ponto percentual na Selic já na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), piora ainda mais o diferencial dos juros brasileiros, fazendo com que o capital migre para o dólar.

Isso, na avaliação do operador, ainda se soma às preocupações com a possibilidade de que essa trégua comercial entre Estados Unidos e China não dure muito. “A reforma da Previdência é importante e essencial, mas não é só isso que vai fazer o Brasil crescer. O mundo está pior, com a possibilidade até de recessão lá fora”, explica.

PUBLICIDADE

As notícias são de que os chineses estão esticando a corda para que os EUA não levem a cabo o aumento de tarifas previsto para dezembro.

Hoje, o dólar comercial teve alta de 0,89% a R$ 4,1635 na compra e a R$ 4,1653 na venda. O dólar futuro para novembro registra ganhos de 1,05% a R$ 4,174.

O Ibovespa fechou a sessão com ganhos de 0,18% a 104.489 pontos e volume financeiro negociado de R$ 15,108 bilhões. Na máxima do dia, o índice chegou a bater 105.047 pontos, puxado pelas ações da Petrobras, que resistiram a mais uma queda no petróleo e repercutiram a aprovação da cessão onerosa na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado.

A comissão aprovou por unanimidade o relatório do senador Omar Aziz (PSD-AM) sobre a divisão dos recursos do megaleilão do pré-sal em novembro. Não houve alterações no texto da cessão onerosa que veio da Câmara dos Deputados. O projeto agora será encaminhado para o plenário. Passada essa etapa, fica livre o caminho para a reforma da Previdência ser votada em segundo turno no plenário do Senado no dia 22.

Ainda por aqui, os investidores acompanham com apreensão as investigações da Polícia Federal sobre o presidente do PSL, Luciano Bivar (PE). A PF cumpre mandado de busca e apreensão na casa do deputado, investigando o desvio de dinheiro de candidaturas laranjas pelo partido nas últimas eleições. Este é mais um capítulo do esgarçamento das relações entre Bivar e o presidente Jair Bolsonaro, também do PSL.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2021 sobe quatro pontos-base a 4,61% e o DI para janeiro de 2023 tem alta de 10 pontos-base a 5,64%.

PUBLICIDADE

Entre os indicadores, na China, o índice de preços ao consumidor subiu 3% em setembro na comparação com o mesmo mês do ano passado, pouco acima das expectativas, mas no nível mais elevado em seis anos, por conta do aumento do preço da carne suína, que aumentou quase 70%, como consequência dos efeitos do surto de peste suína africana. O índice de preços ao produtor, por sua vez, recuou 1,2%, em linha com as expectativas.

Já o Fundo Monetário Internacional (FMI), reduziu sua projeção para o crescimento econômico do Brasil em 2020 para 2%. No mundo, a expectativa da instituição é de que a atividade se expanda em 3% este ano.

Noticiário Corporativo

A Eletrobras (ELET3) fará um aumento de capital no montante de até R$ 9,987 bilhões, com a emissão de novas ações ordinárias ao preço unitário de R$ 35,72 e de novas ações preferenciais classe “B”, pelo preço de R$ 37,50. O montante mínimo de R$ 4,054 bilhões deverá ser subscrito pelo acionista controlador, União Federal, mediante a capitalização dos recursos recebidos da União Federal, decorrentes de aportes recebidos a título de Adiantamentos para Futuro Aumento de Capital (AFACs).

A Engie Brasil Energia (EGIE3) ratificou, em assembleia geral extraordinária, em conjunto com a GDF International e com o co-investidor Caisse de Dépôt et Placement du Québec, a aquisição do controle acionário compartilhado da Transportadora Associada de Gás (TAG), cujo controle pertencia anteriormente à Petrobras.

A BR Properties (BRPR3) fechou a compra de duas torres que estão em construção e farão parte do Condomínio Parque da Cidade, em São Paulo. O contrato foi fechado com a HSI Real Estate, e o valor total a ser pago pelos imóveis é de R$ 766,113 milhões.

Confira mais destaques de ações. 

Pesquisa XP/Ipespe

Nesta manhã, foi divulgada a pesquisa XP/Ipespe registrando oscilação positiva, ainda que dentro da margem de erro, na aprovação do governo Jair Bolsonaro. O grupo que considera a administração ótima ou boa passou de 30% para 33%, enquanto os que veem o governo como ruim ou péssimo oscilaram de 41% para 38%. Essa é o primeiro recuo na avaliação negativa registra pela pesquisa desde junho deste ano.

As privatizações ainda foram questionadas. O grupo de brasileiros favoráveis a uma agenda de desestatizações chegou a 39%. O resultado representa um salto de 6 pontos percentuais em relação à fotografia de julho, mas ainda indica uma minoria.

Invista contando com a melhor assessoria do mercado: abra uma conta gratuita na XP.