Abertura

Ibovespa recua antes das decisões de Fed e Copom; dólar sobe após dados dos EUA

Índice mantém clima de cautela antes das decisões de política monetária

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ibovespa abre em queda nesta quarta-feira (30), refletindo o cenário de cautela no mundo antes de dados importantes da economia dos Estados Unidos e da decisão de juros do Fomc. Por aqui, os investidores ainda ficam atentos à reunião do Comitê de Política Monetária (Copom).

Às 10h10 (horário de Brasília) o benchmark da bolsa tinha baixa de 0,32% a 107.214 pontos. O dólar comercial, por sua vez, registra alta de 0,34%, cotado a R$ 4,0160 na compra e R$ 4,0167 na venda.

Já o dólar futuro para novembro sobe 0,50% a R$ 4,019, acentuando levemente os ganhos após a divulgação da primeira prévia do PIB dos EUA do terceiro trimestre, que mostrou que a maior economia do mundo cresceu 1,9%, superando as projeções de 1,6%.

Aprenda a investir na bolsa

Mais cedo, a ADP divulgou que o setor privado dos EUA criou 125 mil empregos em outubro. O resultado também ficou acima das expectativas de analistas consultados pela Bloomberg, que previam geração de 110 mil postos de trabalho.

Ambos resultados antecedem a divulgação da decisão do Federal Open Market Committee (Fomc) sobre os juros americanos, às 15h, com a aposta majoritária dos investidores no momento é de que haja um corte de 0,25 ponto percentual, para o intervalo entre 1,5% e 1,75%.

No Brasil, o dia ganhou ainda um ingrediente adicional para agitar os negócios: a citação do nome do presidente Jair Bolsonaro em investigação sobre o assassinato da vereadora do Rio Marielle Franco e de Anderson Gomes.

Segundo reportagem do Jornal Nacional, registros do porteiro do Condomínio Vivendas da Barra apontam que Élcio de Queiroz, suspeito do crime, esteve no local horas antes do assassinato, em 14 de março de 2018, pedindo para ir à casa de Jair Bolsonaro – o que teria sido autorizado. Em depoimento, o porteiro afirmou que identificou a voz que atendeu como a de “Seu Jair”. No entanto, Queiroz, na verdade, se dirigiu à moradia de Ronnie Lessa, acusado de fazer os disparos; que morava no mesmo condomínio do presidente.

A própria reportagem cita que no mesmo dia Bolsonaro estava em Brasília. Em resposta, o presidente fez uma live, diretamente do exterior, com duras críticas à Rede Globo e à imprensa, chamando a reportagem de “patifaria” e declarando que o governador do Rio, Wilson Witzel – que negou –, teria vazado as investigações, que correm sob sigilo. Diante da citação do presidente nas investigações, o Supremo Tribunal Federal (STF) deverá se pronunciar sobre o caso.

No campo econômico, o governo deve pode apresentar hoje uma parte do pacote do ministro Paulo Guedes da fase pós-reforma Previdência – aquela relativa à liberação de recursos para Estados e municípios. De acordo com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), a proposta será batizada como “Plano Mais Brasil”.

PUBLICIDADE

A apresentação do pacote, no entanto, ainda depende de um entendimento em torno da reforma tributária. O ministro Paulo Guedes, disse Bezerra, quer ver essa pauta avançar. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), vai tentar convencer senadores a aceitar a proposta de uma comissão mista de Câmara e Senado para fechar um texto comum.

Noticiário Corporativo

A rede varejista Magazine Luiza registrou lucro líquido ajustado de R$ 136,3 milhões no terceiro trimestre, superando a melhor das projeções compiladas pela Bloomberg, que era de R$ 127 milhões. O resultado representa uma alta de 12,7% sobre o mesmo período de 2018. O valor ajustado considera a diluição das despesas financeiras e pagamento de juros sobre capital próprio.

A Multiplan registrou um lucro líquido de R$ 121,525 milhões no terceiro trimestre deste ano, desempenho 4,4% superior ao reportado no mesmo período do ano passado. A empresa informou que excluindo a conta de remuneração baseada em ações, o lucro líquido teria aumentado 12,0% chegando a R$ 132,2 milhões.

A Cielo teve lucro líquido de R$ 358,1 milhões entre julho e setembro, cifra 51,7% inferior à reportada no mesmo período do ano passado. Em IFRS, o lucro atingiu R$ 362,4 milhões, queda 54,3%.

A Smiles apresentou lucro líquido de R$ 149,5 milhões no terceiro trimestre deste ano, significando queda de de 29,5%. Desconsiderando efeitos extraordinários registrados há um ano, o lucro teria recuado 2,5%.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos