Pré-mercado

Ibovespa futuro abre em alta, alinhado com exterior, após declarações de Putin; dólar opera abaixo de R$ 5

Presidente russo teria dito que houve “mudanças positivas” em conversas com a Ucrânia, notícia que animou os mercados

Por  Mitchel Diniz

O Ibovespa futuro começa os negócios desta sexta-feira (11) em alta, alinhado com as Bolsas no exterior, que têm ganhos moderados nesta manhã. Os investidores seguem acompanhando a possibilidade de um cessar fogo na Ucrânia. De acordo com a Reuters, o presidente russo Vladimir Putin teria dito que houve “mudanças positivas” nas negociações com os ucranianos.

Ontem, as conversas entre ministros da Rússia e Ucrânia avançaram pouco, à medida que novas sanções são aplicadas aos russos e mais empresas deixam o país de Putin. “Sanções só nos deixaram mais forte no passado”, afirmou o presidente.

Além disso, o mercado monitora acontecimentos que possam interferir na escalada global da inflação, depois que os índices de preços ao consumidor nos Estados Unidos chegaram aos maiores níveis em quatro décadas. O Banco Central Europeu também  aumentou suas projeções de inflação e sinalizou que poderá retirar medidas de estímulo antes do previsto.

Às 9h05 (horário de Brasília), o Ibovespa futuro para abril de 20222 subia 0,78%, a 115.500 pontos.

Os índices futuros em Nova York passaram a subir mais de 1% depois que as falas de Putin foram noticiadas. O Dow Jones futuro sobe 1,08%, enquanto os futuros de S&P 500 e Nasdaq, avançavam, respectivamente, 1,25% e 1,5%.

Na Europa, o índice Stoxx 600, que tem na carteira empresas de 17 países do continente, subia 1,79%. Outras bolsas europeias, subiam mais de 2%.

O petróleo voltou a subir hoje depois dois dias seguidos de queda, com o mercado avaliando o impacto das sanções à Rússia nos estoques globais. O barril do brent para maior subia 1,79%, a US$ 111,18 e o WTI para abril avançava 1,52%, a US$ 107,64.

O dólar volta a cair e é negociado abaixo de R$ 5 – a moeda americana recua 0,46%, a R$ 4,992 na compra e R$ 4,993 na venda.

Os juros futuros operam próximos da estabilidade e com viés de alta nos primeiros negócios do dia: DI1F23 estável, a 13,03%; DIF25, + 0,04 pp, a 12,26%; DIF27, + 0,04 pp, a 12,08%; DIF29, + 0,01 pp, a 12,18%.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe