59% dos acionistas aprovaram

Hapvida (HAPV3) vence disputa com SulAmérica (SULA11) e anuncia aquisição de 59% da HB Saúde

A oferta da Hapvida foi aceita por acionistas que representam cerca de 59% do capital total

SÃO PAULO – Depois de analisar as propostas, os acionistas da HB Saúde aprovaram a venda da companhia para a Hapvida (HAPV3) por R$ 650 milhões, segundo comunicado ao mercado enviado pela companhia de capital aberto na manhã desta sexta-feira (24).

A segunda maior operadora de saúde de São José do Rio Preto (SP) também estava sendo disputada pela SulAmérica (SULA11), que fez uma última oferta de R$ 563 milhões, mas os sócios da HB optaram pela outra proposta.

A oferta da Hapvida foi aceita por acionistas que representam cerca de 59% do capital total. Como o valor da oferta foi de R$ 650,0 milhões para a aquisição de 100% do Grupo HB Saúde, o desembolso previsto para cerca de 59% do capital total seria de aproximadamente R$ 383,5 milhões.

A Hapvida informa que segue aberta para adquirir a participação dos demais sócios pelas mesmas condições ofertadas e destacou que a consumação da transação está sujeita ao cumprimento de condições precedentes adicionais, incluindo: (a) a coleta dos termos de adesão à proposta; (b) a negociação bem-sucedida dos respectivos instrumentos contratuais de aquisição e suas respectivas formalizações, o que envolve também a condução de maneira satisfatória dos procedimentos de diligência legal, contábil e operacional; e (c) a apreciação e aprovação pelos órgãos reguladores Conselho Administrativo de
Defesa Econômica (Cade) e Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

O Grupo HB possui uma carteira de cerca de 129 mil beneficiários de planos de saúde e 25 mil beneficiários de planos odontológicos.

No mais, a operadora de saúde conta com um hospital, oito unidades ambulatoriais, uma clínica infantil, centros clínicos e de diagnóstico, espaços de medicina preventiva, ocupacional e centro oncológico.

Em 2020, a companhia registrou receitas que totalizaram cerca de R$ 300 milhões.

Analista TOP 3 em rentabilidade de curto prazo compartilha seu método exclusivo na Bolsa