Seis anos depois

Hackers movimentam US$ 3,55 bilhões em bitcoins roubados da Bitfinex em 2016

Impostores terão dificuldades para sacar os Bitcoins roubados já que a maioria foi bloqueada

Por  CoinDesk -

Uma grande quantidade de Bitcoin (BTC) roubados da exchange Bitfinex seis anos atrás foi movimentada por hackers na manhã desta terça-feira.

“Até agora, 94.643,29 bitcoins (US$ 3,55 bilhões) foram movimentados, em 23 transações, de uma carteira associada a um roubo da Bitfinex em 2016 para um novo endereço”, afirmou a empresa de análise blockchain Elliptic. Segundo ela, as moedas foram desviadas da Bitfinex em 2016.

“É provável que esses fundos não sejam sacados tão cedo. Os fundos desse hack têm sido lentamente lavados por mais de cinco anos e sacar grandes quantias em um curto prazo de tempo chamaria muita atenção”, declarou a Elliptic.

A quantidade de Bitcoins transferidos chegou a 79% do total de 119.756 BTC desviados da Bitfinex em 2016, um dos maiores ataques de hackers da criptomoeda até hoje.

O Twitter da Whale Alert relatou mais cedo que os ladrões transferiram 10 mil BTC (mais de US$ 383 milhões) para uma carteira desconhecida no início do dia no mercado asiático.

A última movimentação das criptomoedas roubadas tinha sido em abril de 2021, com uma transferência de mais de US$ 700 milhões em moedas para carteiras desconhecidas por conta do frenesi da alta durante a listagem pendente da exchange de criptomoedas Coinbase na Nasdaq.

Geralmente, uma movimentação de fundos maliciosos assusta o mercado pois aumentam as suspeitas de impostores tentando sacar dinheiro.

Em abril do ano passado, observou-se que a maioria dos Bitcoins associados ao ataque à Bitfinex é amplamente rastreada e bloqueada, o que dificulta o saque de hackers em exchanges centralizadas conhecidas.

Em outras palavras, essa última movimentação das moedas desviadas não traz muito risco de queda para o Bitcoin. Até o fechamento da matéria, a criptomoeda estava sendo negociada a US$ 38.500, cifra pouco alterada durante o dia.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe