Radar InfoMoney

GPA (PCAR3) recebe R$ 398 milhões com a venda de fatia da Éxito, Hypera (HYPE3) paga proventos e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quinta-feira (23)

Por  Felipe Moreira

O noticiário corporativo desta quinta-feira (23) tem como destaque a Hypera (HYPE3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio (JCP) de R$ 194,7 milhões.

O Cade aprovou que fundo de investimentos da Brookfield seja o comprador dos ativos segregados das operações de RAC e Seminovos da fusão Localiza e Unidas.

O GPA recebeu R$ 398 milhões com a venda de parte de fatia em colombiana Éxito. A Rede D’or (RDOR3), por sua vez, aumentou participação acionária na SulAmérica (SULA11).

Ainda em destaque, CVC (CVCB3) e a Eneva (ENEV3) precificam suas ofertas subsequentes de ações, ou follow-on, nesta quinta. A CVC emitirá 46,5 milhões de ações ordinárias – com a oferta podendo ser elevada em 25% dependendo da demanda. Os recursos devem ser usados principalmente para pagamento de dívidas emitidas por meio de debêntures e para reforço do capital de giro.

A Eneva irá emitir 300 milhões de ações. O valor levantado será usado para o financiamento da aquisição das Centrais Elétricas do Sergipe (CELSEPAR) e das Centrais Elétricas Barra dos Coqueiros (CEBARRA).

Confira mais destaques:

Hypera (HYPE3)

A Hypera (HYPE3) aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio de R$ 194,7 milhões , o equivalente a R$ 0,3077 por ação.

Pagamento será realizado até o final do exercício social de 2023, em data ainda a ser divulgada pela companhia.

GPA (PCAR3)

O GPA (PCAR3) comunicou que foi concluído o programa de recompra de ações da Almacenes Éxito S.A, sociedade de capital aberto com sede na Colômbia da qual o GPA é acionista controlador.

Considerando as taxas de câmbio aplicadas para conversão ao real dos valores pagos em pesos colombianos pelas ações da Éxito vendidas pelo GPA no âmbito do programa de recompra, o grupo recebeu o valor total de R$ 398,1 milhões pela venda de 3,40% de sua participação. Após a efetivação da recompra, o GPA passou a deter 96,52% do capital social da Éxito, sendo 91,52% diretamente pelo grupo e 5,00% por sua subsidiária GPA2 Empreendimentos e Participações.

Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3)

O Cade aprovou que fundo de investimentos da Brookfield seja o comprador dos ativos segregados das operações de RAC e Seminovos da fusão Localiza e Unidas, incluindo cerca de 49 mil carros.

A aprovação da compradora era uma das condições para a consumação da combinação de negócios entre Localiza e Unidas.

Diante da aprovação da compradora pelo Tribunal do CADE, as companhias informam que o fechamento da combinação em 1º de julho de 2022.

Cosan (CSAN3)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou, em sessão de julgamento nesta quarta-feira (22), a aquisição, sem restrições, pela Compass, da participação de 51% no capital social da Petrobras Gás (Gaspetro).

Pague Menos (PGMN3) e Ultrapar (UGPA3)

O Cade aprovou com restrições venda da Extrafarma, da Ultrapar (UGPA3), para a Pague Menos (PGMN3). As restrições incluem a venda de pontos de vendas da Extrafarma em oito cidades com menos de 200 mil habitantes na região Nordeste.

A operação anunciada em maio de 2021 custou R$ 700 milhões. A Pague Menos, com a compra, se torna a segunda maior rede de farmácias do Brasil.

Triunfo (TPIS3)

A Triunfo informou a data de pagamento de dividendos. O valor total de R$ 3.242.500,94 em proventos, corresponde a R$ 0,0186880553 por ação, relativos ao exercício terminado em 31 de dezembro de 2021, aprovado em abril, será pago no próximo dia 29 de junho de 2022.

Os dividendos têm como base a posição acionária de 29 de abril de 2022.

Natura (NTCO3)

A S&P Global atribuiu rating brAAA para a 11ª emissão de debêntures da Natura no valor de até R$ 1,879 bilhão, com perspectiva estável.

Além disso, a BlackRock atingiu 5% de participação das ações ordinárias emitidas pela companhia, passando a deter 69.070.720 de papéis do tipo. Formulário de referência divulgado pela empresa em 13 de junho não especificava a participação da gestora.

Rede D’or (RDOR3) e SulAmérica (SULA11)

A Rede D’or (RDOR3) aumentou a participação acionária na SulAmérica (SULA11). A SulAmérica recebeu comunicado da Rede D’Or  relatando a aquisição de units de emissão da companhia pelo grupo hospitalar em conjunto a outros veículos de investimento de seus acionistas controladores.

Os investidores passaram a deter 64.217.141 units da SulAmérica, representadas por 64.217.141 ações ON e 128.434.282 ações PN emitidas pela empresa. A participação equivale a aproximadamente 15,08% do capital social da SulAmérica, sendo 10,03% do total de ações ON e 20,16% do total de ações PN.

Rossi (RSID3)

A Rossi (RSID3) informou que não foi citada na ação judicial referente a um requerimento de falência distribuído em 16/6 à 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo. A construtora afirmou também que vai apresentar a defesa quando isso ocorrer.

Suzano (SUZB3)

A Suzano (SUZB3) concluiu aquisição das empresas Vitex e Parkia. A operação foi avaliada em US$ 667 milhões.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe