Parceria

Goldman Sachs e exchange de criptomoedas FTX estudam parceria, diz jornal

CEOs das duas empresas conversaram sobre como o Goldman pode aconselhar a FTX em negociações com reguladores e um possível IPO

Por  CoinDesk -

Sam Bankman-Fried, fundador e CEO da exchange de criptomoedas FTX, se encontrou com o CEO do Goldman Sachs, David Solomon, no Caribe para discutir possíveis colaborações entre as duas empresas, segundo informações do jornal Financial Times desta quinta-feira (21).

Os dois executivos-chefes discutiram a possibilidade do Goldman Sachs aconselhar a FTX, avaliada em US$ 32 bilhões em janeiro, em futuras rodadas de financiamento e assumindo um papel importante em uma potencial oferta pública inicial (IPO), de acordo com a matéria, que cita pessoas familiarizadas com o assunto.

Solomon também ofereceu o conselho do Goldman Sachs à FTX em discussões com reguladores nos EUA. A FTX apresentou uma proposta ao regulador do mercado de futuros de commodities (Commodity Futures Trading Commission, CFTC) em março que permitiria liquidar diretamente as negociações de seus clientes de derivativos. O regulador fará uma audiência informal em 23 de maio.

Os dois também discutiram a colaboração na criação de mercado em negociações de criptomoedas. A criação de mercado envolve a definição de preços de compra e venda de determinados ativos para facilitar as negociações e fornecer liquidez.

As discussões demonstram o crescente interesse que as principais instituições financeiras estão tendo na indústria de criptomoedas depois que o Goldman Sachs liderou o IPO da exchange Coinbase no ano passado.

O Goldman Sachs se recusou a comentar o relatório quando contatado pela CoinDesk. A FTX não havia respondido até o momento da publicação da matéria.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe