Futuros dos EUA sobem antes do payroll no primeiro pregão de setembro; PIB do Brasil, dados da China e mais destaques

No Brasil, presidente da Câmara, Arthur Lira, o diretor do BC Gabriel Galípolo e o secretário do Tesouro, Rogério Ceron, participam da Expert XP 2023

Felipe Moreira

(Getty Images)

Publicidade

Os índices futuros dos EUA amanhecem no campo positivo nesta sexta-feira (1), primeiro pregão de setembro, antes da divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos (Payroll) referente a agosto, que pode confirmar as expectativas de manutenção dos juros na reunião de setembro do Federal Reserve (Fed).

Economistas consultados pela Dow Jones preveem 170 mil adições no mês passado.

Já os mercados da Ásia-Pacífico fecharam mistos, com cinco dos maiores bancos da China reduzindo as taxas de juros sobre os depósitos em yuan, conforme informou a Reuters. A decisão surge no mesmo dia em que o Banco Central China anunciou que reduzirá o índice de reservas cambiais obrigatórias para instituições financeiras em 200 pontos base.

Continua depois da publicidade

Além disso, Pequim deu um impulso ao sentimento global nesta sexta-feira, com o índice global de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de manufatura Caixin/S&P superando as expectativas dos analistas e mostrando expansão da atividade fabril em agosto.

No Brasil, a semana termina com a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre de 2023 (sexta). O consenso Refinitiv estima um crescimento de 0,3% na base trimestral (+2,7% ano a ano).

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o diretor do Banco Central Gabriel Galípolo e o secretário do Tesouro Nacional, Rogério Ceron, participam da Expert XP 2023.

Continua depois da publicidade

Enquanto isso, Roberto Campos Neto, presidente do BC, fará palestra no evento LIDE (Grupo de Líderes Empresariais), em Washington DC, EUA.

1.Bolsas Mundiais

Estados Unidos

Os índices futuros dos EUA operam em alta, com investidores à espera do payroll, que pode fornecer pistas se o mercado de trabalho está desacelerando e informar as futuras decisões de política monetária do Fed.

O relatório de empregos deve ser divulgado às 9h30 (horário de Brasília). Às 10h45 sai o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

Continua depois da publicidade

Os mercados estimam atualmente uma probabilidade de 89% de uma pausa dos juros em Setembro, de acordo com a ferramenta FedWatch da CME.

Apesar de uma série recente de sessões positivas que ajudaram os principais índices de ações de NY a reduzir as suas perdas mensais, o S&P 500 perdeu 1,77%, enquanto o Nasdaq caiu 2,17%. O Dow de 30 ações caiu 2,36% em agosto.

Veja o desempenho dos mercados futuros:

Continua depois da publicidade

Ásia

Os mercados asiáticos fecharam sem direção única na sessão desta sexta-feira, à medida que investidores repercutiram a decisão dos principais bancos da China de reduzirem as taxas sobre depósitos em yuan.

A decisão surge no mesmo dia em que o Banco Popular da China anunciou que reduzirá o percentual de reservas cambiais obrigatórias para instituições financeiras em 200 pontos base a partir de 15 de Setembro.

Além disso, Pequim deu um impulso ao sentimento global nesta sexta-feira, com o índice global de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de manufatura Caixin/S&P superando as expectativas dos analistas e mostrando expansão da atividade fabril em agosto.

Continua depois da publicidade

A atividade industrial da Coreia do Sul, por sua vez, contraiu a um ritmo mais rápido em agosto, de acordo com dados da S&P Global. O índice de gerentes de compra do setor industrial do país caiu de 49,4 para 48,9, marcando o 14º mês consecutivo em que o PMI permaneceu abaixo do nível de equilíbrio de 50.

Europa

Os mercados europeus operam com alta em sua maioria, enquanto os investidores aguardam o payroll – importante relatório de emprego nos EUA.

As ações de petróleo e gás subiram 1,8% depois que analistas aumentaram as previsões do preço do petróleo para 2023 pela primeira vez em quatro meses, em uma pesquisa da Reuters divulgada na quinta-feira.

Já os papéis ações do setor automotivo caíram 1,46%, no entanto, depois que uma pesquisa do Instituto ifo da Alemanha sinalizou uma deterioração no sentimento entre as montadoras; quase metade disse que a falta de pedidos estava impedindo a produção.

Na frente de dados, os preços das casas no Reino Unido caíram 5,3% em termos anuais em Agosto, marcando a taxa anual mais fraca desde Julho de 2009.

Commodities 

Os preços do petróleo operam com alta e caminham para interromper uma seqüência de duas semanas de perdas, ao subirem pela quarta sessão consecutiva devido ao aperto na oferta e às expectativas da Organização de Países Exportadores de Petróleo e Aliados (OPEP+) estender os cortes de produção até o final do ano.

As cotações do minério de ferro na China fecharam em alta após anúncio de estímulos econômicos.

Bitcoin

2. Agenda

A semana termina com a divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre de 2023 (sexta). Em linha com o consenso Refinitiv, o Itaú estima um crescimento de 0,3% na base trimestral (+2,7% ano a ano), com a maior contribuição positiva proveniente do setor de serviços (+0,6% na base trimestral, alta de +2,2% ano a ano), seguido pela estabilidade na indústria (estável no trimestre; +0,3% frente o 2T22), enquanto o segmento agrícola deve apresentar uma contribuição negativa (-2,4% trimestralmente; +13,7% ano a ano).

Nos Estados Unidos, haverá a divulgação do relatório de emprego dos Estados Unidos (Payroll) referente a agosto, com a projeção Refinitiv de criação de 170 mil vagas.

Brasil

8h: Confiança empresarial FGV

9h: PIB do 2º trimestre

10h: PMI industrial

13h30: Roberto Campos Neto, presidente do BC, fará palestra no evento LIDE Brazil Development Forum, promovido pelo LIDE (Grupo de Líderes Empresariais), em Washington DC, EUA

15h: Balança comercial

EUA

9h30: Relatório de emprego payroll; consenso Refinitiv projeta criação de 170 mil vagas.

10h45: PMI ISM

14h: Contagem de sondas Baker Hughes

3.Noticiário econômico

Haddad admite desafio em cumprir meta de déficit zero em 2024

O cumprimento da meta de zerar o déficit primário em 2024 representa um desafio, disse, na quinta-feira (31), em Brasília, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad. Ele, no entanto, afirmou que a equipe econômica está comprometida em reequilibrar as contas públicas, empenhada em cumprir a meta de um pequeno superávit primário de R$ 2,84 bilhões em 2024, equivalente a 0% do PIB, conforme o projeto do Orçamento de 2024.

Durante a entrevista, o ministro da Fazenda reconheceu que o aumento de arrecadação também é um desafio para o parlamento. “Não são medidas fáceis para o Congresso deliberar. Que mérito para o Congresso! Confio na equipe econômica, não nego o desafio, mas penso que se nós nos comprometermos com resultados consistentes, vamos obter melhores resultados econômicos”, argumentou.

Deputado Pedro Paulo deve ser o relator de PL das “offshores” na Câmara

O deputado federal Pedro Paulo (PSD-RJ) deve ser escolhido relator do projeto de lei que muda as regras de tributação sobre aplicações financeiras de brasileiros no exterior, que tramita em regime de urgência na Câmara dos Deputados, segundo disse uma fonte do Ministério da Fazenda com conhecimento no assunto ao InfoMoney.

O texto foi enviado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Congresso Nacional depois que a medida provisória que tratava do assunto (MPV 1171/2023) “caducou” (ou seja, perdeu validade antes de ter sido apreciada pelos deputados e senadores).

A iniciativa é vista como fundamental pelo ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), no esforço do governo para cumprir a meta de zerar o déficit primário em 2024, conforme prevê o Projeto de Diretrizes Orçamentárias Anual (PLDO) e reforça o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA), enviado ao Congresso Nacional nesta quinta-feira (31).

4. Noticiário político

Barroso é quarto ministro a votar contra marco temporal no STF

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), ampliou o placar contra o marco temporal para demarcação de terras indígenas. Na sessão desta tarde, Barroso proferiu o quarto voto contra o marco. Com o posicionamento do ministro, o placar do julgamento está em 4 votos a 2 contra a tese.

Após o voto de Barroso, o julgamento foi suspenso e será retomado na quarta-feira (6).

Em seu voto, Barroso citou o julgamento que garantiu a demarcação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol, em Roraima, e afirmou que a Constituição protege o direito dos indígenas a sua identidade cultural e assegura direito à terra.

5. Radar Corporativo

Banco Bradesco (BBDC4)

O Banco Bradesco (BBDC4) anunciou que a Atlântica Hospitais e Participações S.A., sua controlada direcionada ao investimento em hospitais, celebrou um acordo de investimento com o Hospital Santa Lúcia S.A. (Grupo Santa) e seus atuais sócios (Família Leal), para adquirir 20% do capital social do hospital. O valor da operação não foi informado.

A Família Leal, fundadora do Hospital Santa Lúcia, permanecerá com 80% do seu capital social, e as partes celebrarão um acordo de acionistas.

Marisa Lojas (AMAR3)

O Conselho de Administração da Marisa Lojas (AMAR3) aprovou proposta de grupamento das 342.842.912 ações ordinárias de emissão da companhia, na razão de 5 ações para formar 1 nova ação, sem alteração no valor do capital social da varejista.

A Marisa convocou assembleia geral de acionistas a ser realizada no dia 22 de setembro de 2023, às 09 horas, para deliberar sobre o grupamento de ações.

Zamp (ZAMP3)

A Zamp informa que, em Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada na quinta com a presença de acionistas representando 77,2%1 do capital social da Companhia, foi rejeitada a inclusão de uma poison pill no estatuto da empresa.

Assim, o Estatuto Social da Companhia permanece inalterado, estando em vigor a versão consolidada aprovada na Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada em segunda convocação em 19 de maio de 2023.

(Com Estadão, Reuters e Agência Brasil)