Crédito com criptomoedas

Fintech lança empréstimos a partir de R$ 300 mil com garantia em Bitcoin no Brasil

Novo produto concorre com bancos e não envolve consulta em birôs de crédito

Por  Paulo Alves

A fintech Rispar, especializada em oferta de crédito com garantia em criptomoedas, anuncia nesta quinta-feira (17) o novo serviço de operações estruturadas Rispar Prime, voltado para solicitações de alto valor, acima de R$ 300 mil com colateral em Bitcoin.

Consumidores ainda poderão solicitar empréstimo de mais R$ 20 mil utilizando como garantia altcoins como o Ethereum (ETH).

O serviço vem acompanhado de atendimento individualizado com um especialista, e é voltado para clientes que até então precisavam recorrer a instituições financeiras tradicionais para acessar crédito mais volumoso.

“Quando você oferece um serviço individual, o cliente se sente mais seguro, principalmente quando estamos lidando com maiores possibilidades de crédito com garantia em criptomoeda”, explica Rafael Izidoro, CEO e fundador da Rispar.

Até então, R$ 300 mil era o teto dos empréstimos oferecidos pela empresa, que atua sozinha no mercado regulado de crédito garantido em criptos no Brasil.

  • Assista: Inflação e crise global podem afundar o Bitcoin? Veja três criptos para se proteger

Para solicitar empréstimos acima desse limite, é necessário realizar um cadastro na plataforma e aguardar o contato do assessor. Já para montantes menores, o próprio usuário pode enviar documentos pessoais, transferir as criptomoedas que servirão de garantia, e aguardar o dinheiro na conta em dois dias.

Independentemente da modalidade, o processo não envolve consulta em birôs de crédito, como Serasa e SPC.

“Com o novo produto, buscamos nos aproximar dos clientes com demandas variadas, oferecendo mais alternativas ao crédito, e, assim, cobrir uma lacuna dos grandes players. Por exemplo, atualmente só é possível ter acesso a volumes superiores a R$300 mil via concorrentes internacionais”, comenta Rafael Lima, Head de Operações Estruturadas da fintech.

Com atuação regulada pelo Banco Central, a Rispar conta com mais de 8 mil clientes e tem parcerias estabelecidas com a empresa de custódia de ativos digitais BitGo, e com a holding QR Capital, que tem ETFs de Bitcoin e Ethereum listados na B3.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe