Liga de FIIs

FIIs em promoção? Conheça 5 fundos imobiliários com cotações dignas de Black Friday

O tema foi destaque no Liga de FIIs; descontos podem superar 30%

SÃO PAULO – Em época de Black Friday, o consumidor precisa ficar atento às ofertas para garantir que está fazendo uma compra realmente vantajosa. Nos períodos de queda no mercado financeiro, o investidor também precisa redobrar a atenção para aproveitar as oportunidades que aparecem. Identificar o que realmente está barato nem sempre é fácil, mas pode ser muito rentável no longo prazo.

O assunto foi destaque da edição do Liga de FIIs desta terça-feira (23). Produzido pelo InfoMoney, o programa tem apresentação de Maria Fernanda Violatti, analista da XP, Thiago Otuki, economista do Clube FII, e de Wellington Carvalho, repórter de fundos imobiliários do InfoMoney.

Em 2021, o Ifix – índice dos fundos imobiliários mais negociados na Bolsa – já acumula mais de 10% de queda. Embora o desempenho preocupe os investidores, o momento também abre uma janela de oportunidades, de acordo com Otuki. “Neste momento de queda, você consegue encontrar ativos de muita qualidade com desconto”, afirma.

O desconto de um fundo imobiliário pode ser medido pelo P/VPA, ou preço sobre o valor patrimonial. O indicador compara o preço da cota negociada na Bolsa com o valor proporcional dela no patrimônio líquido do fundo. Se o resultado estiver abaixo de 1, significa que o ativo está sendo negociado com desconto.

Os analistas alertam, porém, que um P/VPA baixo não é necessariamente garantia de bom negócio. “É importante neste momento saber o que está por trás da desvalorização do fundo – se de fato é uma oportunidade ou uma “Black Fraude”, brinca Maria Fernanda.

Pensando nisso, Maria Fernanda e Otuki selecionaram cinco fundos imobiliários que apresentam bons fundamentos e ainda oferecem um bom ponto de entrada. Os descontos superam 30%, dignos de uma verdadeira Black Friday.

CSHG Real Estate (HGRE11)

Com um P/VPA de 0,68, o fundo CSHG Real Estate tem o maior desconto da lista produzida pelo Liga de FIIs, de 32%. Com patrimônio líquido de R$ 1,98 bilhão, o fundo tem como objetivo a compra de lajes corporativas para posterior venda ou locação.

Em 12 meses, o retorno com dividendos do CSHG é de 8%, nível considerado alto diante do histórico do fundo. Ao mesmo tempo, a vacância atual está em torno de 23%. A relação dos dois indicadores reforça a atenção de Otuki para o fundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A gente pode considerar a estratégia de compra de vacância. O investidor adquire um ativo com capacidade de aumentar ainda mais a distribuição de proventos na medida em que a vacância seja reduzida”, sugere.

HSI Malls (HSML11)

Do segmento de shoppings, o fundo HSI Malls também apresenta desconto expressivo, de 24%. O portfólio conta com cinco complexos comerciais que somam 128 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL).

Entre os ativos estão os shoppings Pátio Maceió (AL) e Metrô Tucuruvi (SP), além de participações no Granja Viana e Super Shopping Osasco, ambos no Estado de São Paulo, e no Via Verde, em Rio Branco (AC).

Maria Fernanda lembra que o segmento foi um dos mais prejudicados durante a pandemia, quando os shoppings tiveram de fechar as portas durante três meses. Com o avanço da vacinação e, consequentemente, a maior movimentação do público, o setor volta ao radar.

Leia mais:

Entre os pontos positivos do HSI Malls, a analista aponta a qualidade os ativos e a baixa taxa de vacância, na casa dos 3%.

VBI Logístico (LVBI11)

O VBI Logístico tem hoje um P/VPA de 0,77, ou seja, o ativo está sendo negociado com um desconto de 23%. O índice, na avaliação dos analistas, representa uma boa oportunidade para quem deseja se posicionar no setor logístico através de um fundo com bons fundamentos.

Com patrimônio líquido de 1,3 bilhão e uma ABL de 456 metros quadrados, o VBI conta hoje com10 ativos na carteira, a maior parte do tipo classe A, de padrão construtivo elevado. 40% deles estão próximos a São Paulo, região bastante demandada pelas empresas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maria Fernanda destaca a baixa vacância do fundo, atualmente em 2%, e também o retorno com proventos. “O fundo tem aumentado a distribuição dos dividendos, saindo de R$ 0,50 no início do ano para os atuais R$0,70”, detalha. O retorno com dividendo anualizado é de 8,2%.

RBR Alpha (RBRF11)

Os analistas do Liga de FIIs também avaliam como atrativo o atual patamar de negociação do RBR Alpha. O fundo, do tipo FoF – que investe em cotas de outros fundos – também tem focado no investimento em CRIs (certificados de recebíveis imobiliários).

A diversificação do portfólio agrada Otuki, que também elogia a qualidade da equipe de gestão do fundo, o que têm importância ainda maior quando se trata de um FoF.

Com um desconto de 20%, o RBR acumula um retorno com dividendos no ano acima dos 10%.

Capitânia Reit (CPFF11)

O Capitânia Reit oferece o menor desconto da lista, de 10%, mas não deixa de oferecer um bom ponto de entrada, segundo Maria Fernanda, que também destaca o portfólio diversificado do fundo.

Também do tipo FoF, o Capitânia tem hoje um patrimônio líquido de R$ 427 milhões e uma portfólio distribuído principalmente nos segmentos logístico, lajes corporativas, renda urbana e shoppings.

Maria Fernanda lembra ainda do histórico e da qualidade da equipe de gestão do fundo, que reflete o retorno anualizado com dividendos de quase 11%.

Os analistas reforçam que a seleção dos cinco fundos foca na estratégia de investimento para ganho de capital e geração de renda no longo prazo. Mais análises e dicas para a escolha dos fundos imobiliários você confere aqui.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Calcule sua renda com FIIs
Baixe uma planilha gratuita que mostra o retorno com dividendos de uma carteira de fundos imobiliários:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.