Institucionais

Exchange FTX lança nova unidade para atender investidores institucionais

A FTX Access oferecerá serviços de consultoria, ferramentas analíticas e outros produtos para empresas que administram capital de terceiros

Por  CoinDesk -

A FTX, uma das maiores exchanges de criptomoedas do mercado, lançou uma divisão para atender investidores institucionais que buscam exposição a ativos digitais. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (9) por meio de um comunicado de imprensa.

Chamada de FTX Access, a nova unidade irá oferecer serviços de consultoria, produtos de índice, execução de negociações, ferramentas analíticas e introduções de capital. Além disso, eventualmente também vai ofertar custódia, derivativos, produtos estruturados e outros produtos de gestão de ativos.

“O papel que as criptomoedas desempenham no cenário financeiro global continua a se expandir, e com isso vem um influxo de instituições que buscam adicionar criptomoedas aos seus balanços”, disse o CEO da FTX, Sam Bankman-Fried, no release.

“Para tornar a transição para o ecossistema de ativos digitais tranquila para essas instituições, lançamos o FTX Access a fim de fornecer a essas empresas serviços familiares”, completou ele.

  • Assista: Russos estão comprando eletrônicos, carros, Bitcoin e stablecoins para se preparar para inflação, diz brasileiro em Moscou

A FTX nomeou Gustavo Miguel como chefe da nova divisão nos Estados Unidos. Miguel foi anteriormente membro fundador da Coinbase Risk Strategies, onde atuou como head global de derivativos.

A FTX segue o mesmo caminho de outras exchanges de criptomoedas, que continuam a construir ofertas para investidores institucionais.

A Coinbase, com sede nos EUA, disse no ano passado que abriria seu primeiro serviço de corretagem exclusivo para esse público. Cabe lembrar que em maio de 2020 a corretora norte-americana comprou a Tafomi, plataforma avançada de corretagem para investidores institucionais.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e se inscrever na newsletter de criptoativos do InfoMoney.

Compartilhe