Números

Empresa cripto BlockFi tinha US$ 1,8 bi em empréstimos abertos no 2º trimestre

A empresa divulgou um relatório que detalha uma série de estatísticas operacionais

Por  CoinDesk -

O provedor de serviços financeiros cripto BlockFi revelou em um relatório divulgado nesta sexta-feira (22) que tinha US$ 1,8 bilhão em empréstimos no final do segundo trimestre.

A plataforma também disse que na época tinha US$ 1,2 bilhão em garantias depositadas, e uma “exposição” de US$ 600 milhões.

A exposição, segundo a própria empresa, é a diferença entre o valor do empréstimo e o montante guardado como garantia, que pode ser dinheiro, moedas digitais ou outros ativos.

A esmagadora maioria dos empréstimos – cerca de US$ 1,5 bilhão – foi para clientes institucionais, e US$ 300 milhões para tomadores de varejo, segundo o documento.

“Exigimos que muitos, mas não todos os mutuários, informem vários níveis de garantia, dependendo do perfil de crédito”, disse a BlockFi.

Os mutuários, é claro, estão sujeitos a chamadas de margem, e a BlockFi liquidou a garantia depositada pelo fundo de hedge cripto falido Three Arrows Capital (3AC).

A exposição ao Three Arrows e a desaceleração do mercado cripto ameaçaram o provedor, que no final de junho recorreu à exchange de criptomoedas FTX e pegou uma linha de crédito de US$ 250 milhões.

Em 1º de julho, o CEO da BlockFi, Zac Prince, disse que sua empresa não havia sacado a linha de crédito e que as operações continuavam normalmente.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe