Ressarcimento

Desenvolvedora do Axie Infinity vai reembolsar vítimas do hack da Ronin

Cerca de US$ 216,5 milhões em USDC e ETH serão devolvidos aos usuários

Por  CoinDesk -

A Sky Mavis, desenvolvedora por trás do popular jogo Axie Infinity (AXS), disse que começará a reembolsar as vítimas do hack da blockchain Ronin. O ataque ocorreu em 28 de junho e deixou um prejuízo de US$ 625 milhões para os usuários.

Em março, os hackers conseguiram extrair 173.600 Ethereum (ETH) e US$ 25,5 milhões em USD Coin (USDC) da Ronin – uma ponte que permite a transferência de criptomoedas entre cadeias diferentes – depois de explorar uma vulnerabilidade do nó validador. Devido ao preço cada vez menor do Ether desde o hack, espera-se que cerca de US$ 216,5 milhões sejam devolvidos aos usuários.

O hack, segundo o FBI, teve envolvimento do grupo norte-coreano de hackers “Lazarus”.

A Ronin também será reiniciada em 28 de junho, um movimento que exigirá um hard fork (atualização) no qual todos os validadores serão obrigados a atualizar seu software.

“A ponte será recarregada com ETH e USDC ainda não pagos de propriedade dos usuários”, disse o cofundador e diretor de operações da Sky Mavis, Aleksander Larsen, ao CoinDesk. “Tudo está dentro do cronograma e os validadores estão prontos”, acrescentou.

Em abril, a Sky Mavis levantou US$ 150 milhões em uma rodada liderada pela exchange Binance. A empresa disse que usará os recursos para reembolsar as vítimas do hack.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe