Temporada de balanços

CVC (CVCB3) registra prejuízo de R$ 166,8 mi no 1º trimestre, alta de 104,7% na base anual

Baixa de créditos tributários impactaram o lucro negativamente, apesar de crescimento nas receitas da companhia

Por  Equipe InfoMoney

A CVC (CVCB3) registrou prejuízo líquido de R$ 166,8 milhões no primeiro trimestre de 2022 (1T22), um aumento de 104,7% no mesmo trimestre de 2021.

A companhia atribui o resultado a “baixa dos créditos tributários que foram realizadas no 1T22, sendo que esta baixa não ocorrerá nos demais trimestres de 2022. A rubrica de depreciação e amortização totalizou R$ 49,1 milhões e é constituída, majoritariamente, por amortizações de intangíveis relacionados a mais valia de empresas adquiridas pela CVC Corp nos últimos anos e investimentos em Tecnologia da Informação”.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi positivo em R$ 33,3 milhões no 1T22, ante resultado negativo de R$ 56,4 milhões.

A receita líquida somou R$ 292 milhões entre janeiro e março deste ano, alta de 76,5% na comparação com igual etapa de 2021.

Segundo a CVC, o desempenho se deve a reabertura de mercados no Brasil e Argentina, ainda que os primeiros meses de 2022 tenham sido marcados pela Ômicron e seus efeitos no setor.

O resultado financeiro líquido foi uma despesa R$ 88,8 milhões no primeiro trimestre de 2022, uma elevação de 745,7% sobre as perdas financeiras registradas na mesma etapa de 2021.

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 218,2 milhões no 1T22, um crescimento de 13,6% em relação ao mesmo período de 2021.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe