Custo de vida na cidade de São Paulo sobe 0,30% em setembro, revela Dieese

O comportamento se deve ao encarecimento dos itens de Alimentação (0,71%), Habitação (0,49%) e Saúde (0,51%)

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – O ICV (Índice de Custo de Vida) da cidade de São Paulo apresentou variação positiva de 0,30% em setembro, o que revela uma queda de 0,10 ponto percentual sobre o resultado verificado em agosto (0,40%).

Os dados, divulgados nesta terça-feira (9), fazem parte do levantamento mensal realizado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconomicos).

Segmentos

De acordo com o Dieese, o comportamento de setembro se deve, principalmente, ao encarecimento dos itens de Alimentação (0,71%), Habitação (0,49%) e Saúde (0,51%).

O segmento Transporte, por sua vez, foi responsável por um impulso de queda nos preços, com variação de -0,17%. Os itens de despesas pessoais, por sua vez, ficaram 0,57% mais baratos e o de vestuário caiu 0,34%.

Destaques

Em setembro, os destaques ficaram com os alimentos in-natura e semi-elaborados (1,23%) e com a indústria da alimentação (0,34%). Mais especificamente, é possível apontar a alta nos preços dos grãos (5,80%) e das frutas (5,01%).

As menores taxas foram observadas nos legumes (-5%), nas raízes e tubérculos (-3,42%) e hortaliças (-3,28%).

No grupo de Habitação, o gasto com a conservação do domicílio, que aumentou 0,61%, foi o destaque. Em Saúde, merece atenção o aumento da assistência médica (0,64%). Em Transporte, destaque para a modalidade individual (-0,24%).

Compartilhe