DeFi

Criptomoeda dispara 58% após revelar “staking modular”; entenda

Segundo especialistas, usuários querem que tokens de exchanges descentralizadas tenham funções e preços modulares

Por  CoinDesk -

O token JOE, nativo da exchange descentralizada (DEX) Trader Joe, que roda na Avalanche, lidera a alta de criptos do tipo após o protocolo anunciar “staking modular”, um novo tipo tipo de investimento no qual um sistema oferece a donos de token três maneiras independentes de fazer depósitos com rendimento.

Dados da Messari mostram que o token JOE avançou 58% na última semana, superando significativamente os tokens de gigantes como Uniswap (UNI), PancakeSwap (CAKE) e Curve Finance (CRV). Até o fechamento da matéria, a criptomoeda era negociada a quase US$ 1,40, com queda de 2% nas últimas 24 horas.

“A demanda pelo token acontece por causa do staking modular e da nova premissa que estão lançando”, disse Lucas Outumoru, chefe de pesquisa na IntoTheBlock, em entrevista à CoinDesk. “A moeda é relativamente subvalorizada se observarmos a receita da DEX em relação ao seu valor de mercado.”

Staking se refere ao processo de manter criptomoedas em uma blockchain por um período de tempo específico para contribuir para a segurança do sistema em troca de recompensas.

Em teoria, a maioria das DEX geram valor para sua criptomoeda ao usar parte da receita para pagar juros aos detentores de tokens como recompensas pelo fornecimento de liquidez. No entanto, segundo a GBV Capital, empresa que investe na Trader Joe, esses métodos não acrescentam valor e servem apenas como incentivos “para evitar que as pessoas despejem seus tokens”.

Em nota, a firma de investimento afirma que o aumento de valor acontece através da utilidade, ou seja, atribuindo a maior quantidade de casos de uso possíveis ao token, além da modularidade. Para fazer isso, o sistema deve ser repartido em várias peças para que os rendimentos potenciais dos diversos casos de uso do token não fiquem interligados.

“As pessoas querem que seus tokens tenham funções modulares e querem precificar essas funções independentemente. É exatamente isso que a Trader Joe está fazendo”, afirmou a GBV Capital.

Staking modular

A estrutura de staking modular da Trader Joe é composta por três pools (conjuntos) independentes de staking, que podem ser acessados com três tokens distintos: rJOE, sJOE e veJOE. Usuários conseguem cada uma dessas moedas ao realizar o depósito do token JOE.

JOE, um token não transferível, é um gateway para o Rocket Joe, plataforma de pré-venda que oferece liquidez e descoberta de preços para novos projetos na blockchain da Avalanche. Segundo a Trader Joe, o sistema resolve problemas de manipulação de preços em um ambiente de baixa liquidez e freia a ação de bots que realizam front-run, que ocorre quando robôs saltam na frente de usuários para executar um trade lucrativo, distorcendo o mercado.

A Rocket Joe foi lançada no dia 1º de fevereiro. Os usuários conseguem fazer o staking de JOE para rJOE e depositar rJOE em um pool de investimentos em troca de tokens dos projetos que serão lançados.

A Trader Joe planeja lançar os tokens sJOE e veJOE no fim de fevereiro. Com eles, os usuários podem fazer staking para conseguir uma fatia da receita da exchange. Segundo nota oficial publicada pela Trader Joe no mês passado, “os holders de veJOE conseguem aumentar as recompensas de provisão de liquidez em até +150% (2,5 vezes)”.

Basicamente, o staking modular permite que usuários escolham entre três pools de staking ou façam combinações diferentes entre os três conjuntos. Essa nova economia de tokens (ou tokenomics, em inglês) aposentou o mecanismo original de staking da Trader Joe, o xJOE.

“Eles estão dividindo o staking em taxas de protocolo, rendimentos impulsionados e acesso à plataforma de pré-venda, o que, no geral, ficam juntos no mesmo token”, afirmou o cofundador e diretor de tecnologia da informação da Apollo Capital, Henrik Andersson, em entrevista à CoinDesk. “Embora seja realmente novo e interessante, ainda é cedo para medir seu possível sucesso”, ponderou.

Embora o token JOE tenha superado grandes exchanges descentralizadas na última semana, a plataforma apresenta resultados similares aos de Curve, PancakeSwap e SushiSwap em termos de receita total.

A Trader Joe registrou receita de US$ 4,2 milhões em uma semana, pouco menos que os US$ 6,1 milhões da SushiSwap.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe