Radar InfoMoney

Cosan (CSAN3) rescinde acordo com Porto Seguro (PSSA3) para empresa de mobilidade; balanços e mais destaques do mercado

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta terça-feira (22)

Por  Equipe InfoMoney -

O noticiário corporativo desta terça-feira (22) tem como destaque a realização de assembleia geral de acionistas sobre proposta de privatização da Eletrobras (ELET3;ELET6), às 14h.

3R Petroleum (RRRP3), Modal (MODL11), BRF (BRFS3), Eternit (ETER3), Nubank (NUBR33), Localiza (RENT3), Raia Drogasil (RADL3) e Telefônica (VIVT3) divulgam resultados nesta terça-feira, após fechamento de mercado.

Já o Assaí (ASAI3) registrou alta de 76% no lucro líquido do quarto trimestre de 2021, que somou R$ 527 milhões.

A Braskem (BRKM5), por sua vez, registrou queda de 1% nas vendas de químicos no Brasil no quarto trimestre de 2021 (4T21).

Cosan (CSAN3) e Porto Seguro (PSSA3) encerraram tratativas para a potencial formação da joint venture para atuação em mobilidade, denominada “Mobitech”.

TIM (TIMS3), Telefônica (VIVT3) e Claro assinaram com o Cade os compromissos assumidos na compra dos ativos da Oi Móvel.

Confira os destaques:

Cosan (CSAN3)

A Cosan assinou ontem (21) a rescisão do Acordo de Investimento celebrado com a  Porto  Seguro Serviços, controlada da Porto Seguro (PSSA3), encerrando, desta forma, todas as tratativas para a potencial formação da joint venture para atuação em mobilidade, denominada “Mobitech”.

Eletrobras (ELET3;ELET6)

A Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da Eletrobras (ELET3;ELET6) está marcada para esta terça-feira para deliberar sobre a privatização da empresa.

Assaí (ASAI3)

A varejista Assaí (ASAI3) registrou avanço de 76% no lucro líquido do quarto trimestre de 2021, que somou R$ 527 milhões, impulsionado por créditos fiscais.

Segundo a empresa, foram reconhecidos créditos de R$ 241 milhões referentes a subvenções para investimentos, que, conforme previsto em lei, são excluídas da base de cálculo do IRPJ e da CSLL do valor constituído da reserva de incentivos fiscais (R$ 709 milhões).

JSL (JSLG3)

A JSL (JSLG3) reportou lucro líquido de R$ 54,3 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21). O resultado representa um crescimento de 77% em relação ao mesmo período de 2020.

Blau (BLAU3)

A Blau (BLAU3) reportou lucro líquido de R$ 44 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21). O resultado representa uma redução de 41% em relação ao mesmo período de 2020. No ano, a farmacêutica lucrou R$ 324 milhões, crescimento de 27% na comparação com 2020.

Movida (MOVI3)

A Movida (MOVI3) registrou um lucro líquido de R$ 276,7 milhões no balanço do quarto trimestre, um desempenho 99,5% superior ao reportado um ano antes.

Mitre (MTRE3)

A incorporadora e construtora Mitre (MTRE3) reportou queda de 44,5% no lucro líquido do quarto trimestre de 2021 na comparação com igual período de 2020, passando de R$ 22,559 milhões para R$ 12,51 milhões, informou a companhia na noite desta segunda-feira (21).

Banco Inter (BIDI11)

O Banco Inter reportou lucro líquido contábil de R$ 6,4 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), cifra 67,1% inferior ao registrado em igual etapa de 2020.

O lucro líquido ajustado somou R$ 20,2 milhões no 4T21, aumento de 4,2% em relação ao 4T20.

No ano de 2021, o lucro contábil foi a R$ 64,7 milhões, alta de 1.059,8% na comparação anual, enquanto o ajustado subiu 1.307,8%, para R$ 78,5 milhões.

As receitas totais atingiram R$ 1,1 bilhão no 4T21 e R$ 3,2 bilhões em 2021, crescimento de 131% na comparação entre 2020 e 2021 e de 31,2% quando comparamos o 3T21 e 4T21.

O resultado bruto da intermediação financeira antes da PDD (NII), composto pelas receitas de operações de crédito, líquidas do custo de captação, somados às receitas financeiras, atingiu R$ 560 milhões entre outubro e dezembro de 2021, crescimento de 123%.

Braskem (BRKM5)

A Braskem (BRKM5) registrou vendas de 801,792 mil toneladas de químicos no Brasil no quarto trimestre de 2021 (4T21), queda de 1% na comparação anual.

Já as exportações somaram 130,6 mil toneladas entre outubro e dezembro do ano passado, aumento de 4% na comparação com igual etapa de 2020.

TIM (TIMS3), Telefônica (VIVT3) e Oi (OIBR3)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) publicou ontem (21) o Acordo em Controle de Concentrações (ACC) da venda da Oi Móvel para TIM (TIMS3), Telefônica (VIVT3) e Claro.

O acordo delimita os compromissos assumidos pelas quatro teles perante o Cade, que procura preservar as condições de concorrência nos mercados relevantes afetados pela operação, alinhados aos princípios gerais de defesa da concorrência.

O ACC enumera os “remédios” (medidas condicionantes), estabelece os detalhes, critérios para aplicação e prazos de cumprimento. Além disso, relaciona os requisitos que o “trustee” (terceiro), a ser nomeado para acompanhar o cumprimento das atribuições, deverá possuir.

 

Alpargatas (ALPA4)

Alpargatas confirmou que não houve vítimas ou danos a pessoas em decorrência do incêndio que se iniciou nesta madrugada nas instalações de uma de suas fábricas, localizada na cidade de Santa Rita, estado da Paraíba.

Aliansce Sonae (ALSO3)

A Aliansce Sonae aprovou a 5ª emissão de debêntures simples, não conversíveis  em  ações, em até duas séries, para distribuição pública, com esforços restritos de distribuição, no valor total de R$ 500 milhões.

Alupar (ALUP11)

A Alupar (ALUP11) informou que sua controlada Empresa Sudeste de Transmissão de  Energia (ESTE) da qual possui indiretamente 50,02% do capital social total, obteve em  18  de  fevereiro  de  2022,  do Operador  Nacional do Sistema  Elétrico –ONS, o  Termo de Liberação de Receita –TLR, o qual autoriza o recebimento de receita a partir de 09 de fevereiro de 2022, devido a disponibilização das instalações de transmissão para  o  Sistema Interligado  Nacional – SIN, conforme cronograma da Agência Nacional de Energia  Elétrica –ANEEL.

Com esta liberação do ONS, será adicionada uma Receita Anual Permitida RAP) de R$ 123,6 milhões para o ciclo 2021_2022. O empreendimento está localizado nos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo e consiste na implantação da linha de transmissão de 500 kV Mesquita -João Neiva 2, com 236 km de extensão e na subestação João Neiva 2, 500/345 kV.

O  investimento das instalações a ser unitizado será de aproximadamente R$ 495,4 milhões (relação RAP/CAPEX: 25%). Adicionalmente, o montante de R$ 107,9 milhões, referente às despesas financeiras líquidas durante  o  período  de  construção, foi capitalizado, totalizando, assim, o investimento total do projeto a ser unitizado de R$ 603,3 milhões.

Hermes Pardini (PARD3)

O laboratório Hermes Pardini aprovou a aquisição, pela companhia, de determinados ativos físicos da empresa DaVita HealthCare, correspondentes  ao  direito  de utilização de 10  unidades no estado de São Paulo, incluindo suas benfeitorias, equipamentos instalados para operação, e para a realização de exames de análises clínicas, imagem, dentre outros e seus mobiliários, estando excluída qualquer marca do Grupo DaVita, tampouco contratos de credenciamento e de clientes. 

A aquisição dos Ativos ocorrerá mediante a compra, pela companhia, da integralidade da participação societária pertencente a sociedade controlada pela DaVita Serviços Médico, que deterá a totalidade dos Ativos até a data de fechamento da operação.

Banestes (BEES3

O Banestes (BEES3) registrou lucro líquido de R$ 76 milhões no quarto trimestre de 2021 (4T21), montante 22,7% superior ao registrado no 4T20.

BRB (BSLI4; BSLI3)

O BRB (BSLI4; BSLI3) informou que busca interessados em comprar sua carteira de R$ 1,2 bilhão em empréstimos inadimplentes.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe