Copasa (CSMG3) e Even (EVEN3) aprovam JCP e dividendos, Auren (AURE3) pagará R$ 578 mi à Receita e mais

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta segunda-feira (18)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta segunda-feira (18) traz como destaque a distribuição de R$ 127,4 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP) pela Copasa (CSMG3). Além disso, a Even (EVEN3) vai distribuir R$ 50 milhões em dividendos intercalares a seus acionistas.

Enquanto isso, a Auren Energia (AURE3) informou que foi obrigada a pagar R$ 578 milhões à Receita Federal em caso envolvendo antiga Usina Hidrelétrica Três Irmãos. Já a ANATEL aprovou o pedido de anuência prévia para que a Telefônica Brasil (VIVT3) efetue uma ou mais reduções de seu capital social atual.

O governo do Estado de São Paulo terá de pagar o valor de R$ 297,9 milhões à ViaMobilidade, controlada da CCR (CCRO3), devido às perdas de receita tarifária resultante da redução de demanda de passageiros na Linha 5 – Lilás decorrente da pandemia da Covid-19.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Confira mais destaques:

Copasa (CSMG3)

A Copasa (CSMG3) anunciou a distribuição de R$ 127,4 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), referente ao terceiro trimestre de 2023.

O valor bruto por ação será de R$ 0,3360703320, com dedução de 15% do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). A “data com”, data de corte para deter as ações e estar na lista de beneficiados dos proventos, será na próxima quinta-feira, 21 de setembro. O pagamento foi confirmado para o dia 14 de novembro.

Continua depois da publicidade

Even (EVEN3)

A Even (EVEN3) vai distribuir R$ 50 milhões em dividendos intercalares a seus acionistas, referentes aos resultados obtidos pela empresa do ramo de construção civil no segundo trimestre de 2023.

O valor será de R$ 0,25176699 por ação ordinária, excetuadas as ações mantidas em tesouraria. Esse valor é livre de impostos para pessoas físicas, já que é apurado após o pagamento de impostos pela empresa.,

A “data com”, que define o direito aos proventos ao fim do pregão, será na próxima quarta-feira (20), e os pagamentos serão feitos na semana seguinte, em 29 de setembro.

Auren Energia (AURE3)

A Auren Energia (AURE3) e a controlada Cesp – Companhia Energética de São Paulo anunciaram que desembolsaram R$ 578 milhões na última sexta-feira (15), após resposta da Solução de Consulta à Receita Federal acerca da incidência ou não do Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) referentes à verba indenizatória do acordo judicial celebrado com a União Federal.

O acordo envolve a indenização da Cesp pela reversão de bens não amortizados ou não depreciados em relação à Usina Hidrelétrica Três Irmãos.

Telefônica Brasil (VIVT3)

A Telefônica Brasil (VIVT3) informou, que tomou conhecimento de que, na Reunião n° 925 do Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), ocorrida em 15 de setembro de 2023, foi aprovado, por unanimidade, o pedido de anuência prévia para que a Companhia efetue uma ou mais reduções de seu capital social atual (R$ 63.571.415.865,09), sujeito à apreciação da administração sobre oportunidade e conveniência, em um valor máximo total de até R$ 5 bilhões.

CCR (CCRO3)

O governo do Estado de São Paulo terá de pagar o valor de R$ 297,9 milhões à ViaMobilidade, controlada da CCR (CCRO3), que tem a concessão das linhas 5 e 17 do Metrô na capital paulista.

Segundo fato relevante, o pagamento se deve às perdas de receita tarifária resultante da redução de demanda de passageiros na Linha 5 – Lilás decorrente da pandemia da Covid-19.

Grupo Mateus (GMAT3)

O Grupo Mateus comunicou ter inaugurado mais uma loja no Ceará, a 11ª operação no Estado. A companhia chegou a mais uma nova cidade, Aracati, com um Atacarejo de 3.098 metros quadrados de área de vendas.

Em 2023, o Grupo Mateus inaugurou 16 lojas e três centros de distribuição (CDs), atingindo a marca de 246 lojas em operação.

Mobly (MBLY3)

A Mobly (MBLY3) informou ter recebido informação da CTM Investimentos de que fundos de investimento e contas administradas que estão sob sua gestão discricionária atingiram participação total de 21,1 milhões, ou 19,87% das ações ordinárias da empresa.

Desktop (DESK3)

A Desktop (DESK3) informou ter recebido da JGP Gestão de Recursos a informação de que investidores sob sua gestão reduziram sua participação acionária no capital social da empresa ao número de 5,7 milhões de ações ordinárias, ou 4,98% do capital social.

O investidor informou que as operações não objetivam alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da empresa.