Consumidores virtuais devem gastar 3% mais que em 2006 no Dia das Crianças

A expectativa de aumento no tíquete médio deve elevar os R$ 293 gastos em 2006, para R$ 300 em 2007

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Os consumidores devem gastar mais em compras virtuais para o Dia das Crianças neste ano. De acordo com a e-bit, a expectativa é de um aumento de 3% no tíquete médio, elevando os R$ 293 gastos em 2006 para R$ 300 em 2007.

A projeção de aumento é baseada no crescimento das vendas de computadores e uso da banda larga registrados este ano, o que, segundo o diretor geral da e-bit, Pedro Guasti, significa mais consumidores virtuais.

Além da elevação no tíquete médio, é esperado aumento no faturamento do varejo eletrônico. As lojas virtuais esperam crescimento de 35%, com faturamento próximo a R$ 264 milhões em comparação aos R$ 169 milhões arrecadados em 2006.

Presentes

Os eletrônicos, itens de informática, games e MP4 devem estar entre os produtos preferidos pelas crianças. No entanto, os livros deverão ser os os mais vendidos.

A grande diferença na data comemorativa deste ano deverá ser em relação aos brinquedos, que devem manter o mesmo número de vendas, mas perderão espaço para os presentes high-tech na cesta de compras.

De acordo com um levantamento feito pela e-bit, os CDs e DVDs, que em 2006 representaram 16% das vendas para a data, registram tendência de queda este ano. Os livros e revistas, que tiveram 15% na participação, devem permanecer estáveis. Eletrônicos (14%), informática (11%) e telefonia celular (8%), apresentam tendência de alta, enquanto saúde e beleza (7%) e brinquedos (6%) devem permanecer estáveis.

Compartilhe